Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > carnaval > CARNAVAL 2023
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
16/02/2023 às 16:45 • Atualizada em 16/02/2023 às 17:07 - há XX semanas | Autor: Dante Nascimento e João Guerra

Carnaval será de “tolerância zero com o racismo”, diz Ângela

Titular da Sepromi destacou os trabalhos que a secretaria vai desenvolver nos circuitos no carnaval

Secretária Ângela Guimarães nesta quinta-feira, 16, no Camarote 2222, na Barra
Secretária Ângela Guimarães nesta quinta-feira, 16, no Camarote 2222, na Barra -

Presente na cerimônia que deu inicio ao Carnaval deste ano, a secretária de Promoção da Igualdade Racial, disse nesta quinta-feira, 16, que este será o carnaval de “tolerância zero” com o racismo. Para isso, ela destacou a pareceria da pasta que comanda com órgãos de fiscalização do estado.

“Racismo é crime. Nós estamos com todas as entidades da nossa rede de combate ao racismo, parceria com a Defensoria Pública do Estado, Ministério Público do Estado, os agentes da Polícia Militar que foram capacitados, da Polícia Civil, tendo do diálogo também prévio com a imprensa para facilitarmos essa informação chegue aos milhões de baianos e baianas para que não haja espaço de restrição em função de sua cor da pele, de sua origem espacial, de sua construção religiosa...”, enumera a secretária.

Além disso, ela apontou a circulação da unidade móvel da secretaria que comanda com a campanha destacando que “racismo não é piada, não é fantasia, não é brincadeira, não é cantada, racismo é crime”.

“Nós estamos divulgando a recente equiparação da lei de injúria racial à lei do racismo, que torna mais severas as punições vinculadas aos crimes de origem e discriminação racial. Então a gente está com material, estamos com outdoor na rua, spot em rádio, material de rede social e com equipe de mais de cem pessoas fazendo sse trabalho público e preventivo e educação, de disseminar conhecimento e informação e colocar nossas equipes à disposição da população”, salientou.

A titular da Sepromi destacou ainda que o próprio edital Ouro Negro é uma ação prévia na busca pela igualdade racial.

"É o fomento das entidades carnavalescas de matriz africana e indígena. Então, este ano, a gente teve investimento recorde: R$ 7,6 milhões atendendo o propósito de 63 entidades. A gente vai ter bloco afro, bloco de samba, bloco de reggae, bloco de samba reggae, nos vários circuitos da folia, inclusive nos circuitos de bairro. Então, é um investimento inédito e é também uma grande expectativa em decorrência desses dois anos em pandemia sem carnaval”.

Assuntos relacionados

Ângela guimarães Carnaval de Salvador combate ao racismo Sepromi

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Ângela guimarães Carnaval de Salvador combate ao racismo Sepromi

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Ângela guimarães Carnaval de Salvador combate ao racismo Sepromi

Publicações Relacionadas

A tarde play
Secretária Ângela Guimarães nesta quinta-feira, 16, no Camarote 2222, na Barra
Play

Gilmelândia e Tio Paulinho comandam pipoca para crianças no Carnaval

Secretária Ângela Guimarães nesta quinta-feira, 16, no Camarote 2222, na Barra
Play

Claudia Leitte é vaiada por foliões na Barra

Secretária Ângela Guimarães nesta quinta-feira, 16, no Camarote 2222, na Barra
Play

Ao lado de Jerônimo, Margareth Menezes curte Carnaval do Pelourinho

Secretária Ângela Guimarães nesta quinta-feira, 16, no Camarote 2222, na Barra
Play

Juliette sobre puxar bloco no Carnaval: "Estou aqui como estagiária"

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA