Agronegócio é 27,4% do PIB brasileiro

Publicado segunda-feira, 21 de março de 2022 às 06:01 h | Atualizado em 20/03/2022, 18:30 | Autor: José Luiz Tejon | [email protected]
O Brasil é muito maior do que o PIB que contabiliza, hoje na casa de US$ 1,5 trilhão, perante a China, por exemplo, com cerca de US$ 17 trilhões
O Brasil é muito maior do que o PIB que contabiliza, hoje na casa de US$ 1,5 trilhão, perante a China, por exemplo, com cerca de US$ 17 trilhões -

Nos recentes cálculos do Cepea (Esalq/USP) e CNA (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil), apontamos para uma das maiores participações do complexo do agronegócio no produto interno bruto do país, envolvendo o antes, dentro e pós porteira das fazendas. O setor do dentro da porteira, primário e do antes, insumos, mostraram crescimentos de 17,52% e 52,63%.

Sem duvida os efeitos das commodities, com valores elevados, bem como dos fertilizantes e demais insumos explicam esse crescimento. A agroindústria, no pós porteira das fazendas e o setor de serviços nas cadeias produtivas do agro aumentaram respectivamente em 1,63% e 2,56%.

Se incluíssemos aspectos da economia que são diretamente impactados pelo sistema produtivo do agronegócio, como construção, moda, telecomunicações, metal mecânica, turismo, energia, e outros, com certeza iríamos concluir uma importância estratégica vital para o pais, o que nos obrigaria a uma necessária e urgente reunião dos atores envolvidos para um planejamento estratégico do agro no seu conjunto sistêmico conectado a necessidade de dobrarmos o PIB brasileiro de tamanho.

O Brasil é muito maior do que o PIB que contabiliza, hoje na casa de US$ 1,5 trilhão, perante a China, por exemplo, com cerca de US$ 17 trilhões. 

Estamos sendo salvos pela agropecuária brasileira, por visionários que investiram na inovação tecnológica, como bem na história vale jamais esquecer dos ministros Cirne Lima e Alysson Paolinelli. E ao lado deles empreendedores corajosos tanto nos insumos e máquinas, como na agroindústria, comércio e serviços. Porém vale um “Oscar“ aos heróis produtoras e produtores agropecuários brasileiros. Coragem, risco e superação resiliente.

Hora de planejamento conjunto das cadeias do agro, sociedade civil organizada com governo em planos de estado, bem acima de oportunismos de curto prazo. Vamos dobrar o PIB de tamanho, vamos dobrar o sistema agroindustrial, comercial, serviços, e científico, ao lado de agricultores e cooperativas, multiplicando por dois até 2030. 500 milhões de t de grãos com mais valor agregado também. 

Planejamento estratégico, a hora e a vez. Vamos juntos Brasil.

Publicações relacionadas