Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata | A TARDE
Atarde > Colunistas > Histórias & Sabores

Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata

Versatil e coriga na alimentação, a iguaria é ideal para quem vai iniciar ou recomeçar qualquer dieta

Publicado sábado, 04 de março de 2023 às 10:00 h | Autor: Isabel Oliveira
Imagem ilustrativa da imagem Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata
-

Acordamos março em meio àquela velha máxima baiana: o ano começa logo depois do Carnaval. As aulas voltam, a velha dieta recomeça, ou melhor, retorna, pois todos os anos ela é sempre resgatada. Na verdade, o eterno recomeço ou retorno, podemos dizer. Fato que nos lembra a intrigante frase “o que voltará a ser, o que aconteceu, ocorrerá de novo, o que foi feito se fará outra vez. Não existe nada de novo debaixo do sol”. A frase está contida no Antigo Testamento.

Reflexão extraída da filosofia de Nietzsche: “E se um dia, ou uma noite, um demônio te seguisse em tua suprema solidão e te dissesse: esta vida, tal como a vivemos atualmente, tal como a viveste, vai ser necessário que a revivas mais uma vez e inumeráveis vezes; e não haverá nela nada de novo, pelo contrário”. Se você não pulou a aula de filosofia, vai lembrar do professor martelando isso na sua cabeça de forma massiva, perturbadora e intrigante.  

 

Repassando Oficial
  

Então nos lembramos de películas inesquecíveis, como o Feitiço do Tempo. Filosofia pura! Um homem, apresentador da meteorologia em um telejornal, fica preso no tempo e revive as mesmas cenas, irritantemente,  todos os dias, na mesma hora, no mesmo instante filosofal.  Condenado a viver todos os dias a mesmice de sempre, o apresentador enxerga nesta prisão uma oportunidade para se melhorar como ser humano.

 E este eterno recomeço se espraia nos ideais da alimentação. Para a professora, nutricionista e gastrônoma Maria Helena Mott

Imagem ilustrativa da imagem Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata
 

a, do Centro Universitário Estácio de Sá, recomeçar na Bahia, depois do Carnaval, “já foi meio institucionalizado”. Que o digam as dietas, que sempre começam e recomeçam nas clássicas segundas-feiras.

  • Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata
    |
  • Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata
    |
  • Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata
    |

“Recomeço para mim é você voltar a fazer algo que fazia para atender a uma escolha que você fez ou está querendo fazer. Nem sempre as escolhas são certas, mas recomeçar é isso. Sempre o recomeço de algo que a gente escolheu, que é melhor para  nossa vida, por mais que a gente fracasse, a gente tem sempre que tentar recomeçar. Agora, recomeçar de maneiras diferentes. Acho que em todos os aspectos da vida.”

Vê? Nada mais nietzschiano. Mas vamos recomeçar tendo na mira uma caponata de berinjela, iguaria versátil, leve, deliciosa, que tem todo o perfil de um retorno ou recomeço.

Imagem ilustrativa da imagem Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata

“É de origem italiana, típica da Sicília, típica da dieta mediterrânea, muito saudável, própria para o verão porque ela é fresca, é servida gelada e muito versátil. Ela serve de recheio, serve de cobertura de uma pizza, de uma torradinha. Pode ser consumida em forma de salada, mas pode ser servida como acompanhamento de um peixe”, elenca Maria Helena todo o poder da caponata. Vamos então começar, recomeçar o  ano com este coringa da alimentação, buscando nos renovar neste tempo e espaço quântico! 

Imagem ilustrativa da imagem Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata
  

Caponata de Berinjela 

Ingredientes

Berinjela em cubos médios - ½ unid 

Abobrinha em cubos médios – ½ unid 

Pimentão vermelho em cubos médios - ½ unid 

Pimentão amarelo em cubos médios - ½ unid 

Pimenta dedo-de-moça bem picadinha, sem as sementes - Opcional – 1 unid

Cebola em cubos médios – 1 unid 

Talo de salsão em cubos médios – 1 unid

Alho picado – 3 dentes 

Azeitona preta sem caroço, cortada em rodelas – 30g 

Alcaparras lavadas – 30g

Azeite de oliva – quanto baste, de modo que a caponata fique bem úmida (+/-) 80ml

Vinagre de vinho branco – 30ml

Uva passa (hidratada na água ou vinho branco) – 30g

Orégano – a gosto

Sal – a gosto (provar antes)

Modo de Preparo:

1.Misturar todos os ingredientes, regar com o azeite e o vinagre e levar ao forno médio (180 a 200°C)

2.Observar o cozimento dos ingredientes, e misturá-los sempre que possível

3.Corrigir o sal, se necessário

4.Resfriar e servir. 

Obs : A caponata pode ser feita em maior quantidade e guardada na geladeira, em recipiente de vidro fechado, por 15 dias. Neste caso, deve-se pôr mais azeite e vinagre.

NOTA COM HISTÓRIAS & SABORES

Imagem ilustrativa da imagem Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata
 

 Em parceria com o Beiju do Paço e MINILAB, 50 litros de cerveja serão distribuídos gratuitamente para as mulheres no próximo dia 8 de março.

 Em comemoração ao 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a agência CRIATIVOS promove um momento de confraternização etílica, em parceria com a cervejaria PROA, Beiju do Paço e MINILAB. A partir das 17h, qualquer mulher poderá retirar o seu copo de cerveja Proa junto à equipe da CRIATIVOS, ao lado do Beiju do Paço - Rua João Gomes, Largo de Santana, no Rio Vermelho. Cada mulher tem direito a um copo de 300ml, sujeito à disponibilidade do produto A ação visa reforçar a liberdade feminina e celebrar o Dia da Mulher de uma forma descontraída.

Imagem ilustrativa da imagem Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata
  

Manteiga de primeira qualidade da agricultura familiar chega ao mercado com nova embalagem

Já está nas prateleiras de estabelecimentos comerciais de mais de 100 municípios baianos, a nova manteiga da Cooperativa de Produção Agropecuária de Giló e Região (Coopag), localizada no município de Várzea Nova. A produção promete uma manteiga de primeira qualidade, feita com 100% creme de leite, sem conservantes, aromatizantes e corantes, produzida por famílias agricultora. Em Salvador, a manteiga e os demais produtos da cooperativa, como queijos e iogurtes, são comercializados no Empório da Agricultura Familiar, localizado no Mercado do Rio Vermelho, e no site do Mercaf.com.br.

Imagem ilustrativa da imagem Com a máxima do eterno recomeço, gastrônoma propõe uma caponata
 

Sucesso no ano passado, Origem Week volta a Salvador neste mês de março

O Centro de Convenções de Salvador vai abrigar mais uma edição do Origem Week - Feira de Origem e Negócios”, o maior festival de produtos gourmet e de origem do estado que vai reunir mais de 200 expositores e 250 marcas de diversos municípios baianos, além de outros estados convidados. Durante o evento, que acontece entre os dias 30 de março a 2 de abril, baianos e turistas poderão degustar o que há de melhor em doces e geleias, cervejas artesanais, vinhos, cachaças, licores, dentre outras delícias disponíveis. Também haverá espaço para a divulgação da cadeia produtiva dos derivados de chocolate, cacau e café, incluindo conhecimento de elementos culturais. O Origem Week 2023 é uma realização da MVU Empreendimentos/Grupo M21, em parceria com o Governo da Bahia, através da SETUR, SDE, SDR, SEMA, SETRE e SEAGRI. 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS