adblock ativo

No aconchego da casa do chef

Publicado às | Atualizado em 11/09/2021, 13:16 | Autor: Isabel Oliveira
Purê de raiz com camarão ao alho e óleo, não há quem resista! | Foto: Divulgação
Purê de raiz com camarão ao alho e óleo, não há quem resista! | Foto: Divulgação -
adblock ativo

Vivemos um momento ímpar dos saberes culinários em que a criatividade culminou, dentre outras coisas, em variados conceitos gastronômicos. Hoje, é curioso perceber como o preparo das refeições nos leva das mais simples às mais loucas experiências. E foi em meio a deliciosas empreitadas gastronômicas que nasceram restaurantes com seus diversos conceitos e formas de experienciar uma refeição.

O Dinner in the Sky é para quem gosta de aventura e tem “estômago"

O jantar no céu é uma dessas experiências. Em São Paulo, o Dinner in the Sky vai ocorrer ainda este ano, tendo como vista o Parque do Ibirapuera. Imbuído de muita coragem, os comensais degustam a refeição regada a adrenalina sobre uma plataforma içada a 50 metros de altura, pesando quatro toneladas. Alguém se habilita?

Há outros conceitos bem interessantes mundo afora, dentre eles os restaurantes que funcionam na casa do chef, estilo adotado em várias partes do mundo. É como degustar uma refeição à vontade, no aconchego do lar. Pelo menos, essa é a ideia dos chefs que trabalham para que as pessoas não sejam somente clientes, mas se sintam em casa de verdade.

No início da semana, por volta das 19h, há sempre um movimento maior na casa do chef Leo Grimaldi, no bairro de Stella Maris, em Salvador. São seus “novos” amigos que batem à porta. Os comensais vão viver uma experiência pra lá de diferente no restaurante do chef, o Lá em Casa, que funciona no espaço de 50m². Para Léo, esse conceito é uma tendência cada vez maior. 

Imagem ilustrativa da imagem No aconchego da casa do chef
O Lá em Casa prima por exclusividade até mesmo nos pratos que faz

     Leo Grimaldi e Frederico Pimentel/ Divulgação

“Eu acho que vai se tornar uma grande tendência, primeiro porque as pessoas hoje buscam exclusividade, elas estão cansadas das mesmas coisas”, afirma.

O chef sempre gostou de receber os amigos em casa. Para ele, é uma conexão de afetividade entre a relação da iguaria que prepara e quem vai viver a experiência. Grimaldi não quer somente vender um prato de comida, ele trata os convidados de modo que se sintam realmente como alguém muito próximo, com direito a troca de experiências. Os convidados podem circular pela casa e ficar à vontade, como se estivessem em suas próprias residências.

“As pessoas podem se sentar na bancada da cozinha comigo, trocando ideias, ou na sala. Eu tomo vinho com elas ou cerveja, e tento deixá-las o mais confortável possível, até porque são meus convidados e eu ajo como se fossem meus amigos”, diz.

Imagem ilustrativa da imagem No aconchego da casa do chef
De surpresas amorosas a um simples encontro, a ideia é que os clientes vivam uma grande experiência

     Leo Grimaldi/ Divulgação

O Lá em Casa atende de duas a cinco pessoas por noite, de segunda-feira a quarta-feira, a partir das 19h, sem horário previsto para terminar, pois varia muito de acordo com a necessidade de cada cliente.

Com uma “cozinha fora da caixinha”, como gosta de dizer, e contemporânea, Leo cria um menu baseado em informações importantes dos comensais, tais como fatores alérgicos, o que mais gosta, o que menos gosta, o que não comem, mas o cardápio é sempre exclusivo e uma grande surpresa, pois as pessoas chegam sem saber direito o que vão experimentar.

Imagem ilustrativa da imagem No aconchego da casa do chef
A surpresa do que vai encontrar no menu faz parte do jantar no Lá em Casa

     Frederico Pimentel/ Divulgação

“E a experiência está aí: eu crio um cardápio exclusivo, tenho uma cozinha bem contemporânea, de fusão, pois sou de família italiana e baiana, e adoro fazer misturas entre elas. As pessoas saem maravilhadas porque são surpreendidas com algo muito diferente. Sempre prezo pelo amor na cozinha, sempre prezo por essa paixão que as pessoas têm em se sentar numa mesa em que você tem o prazer de estar e saborear uma comida deliciosa e diferente”, declara. 

Já Cristina Assunção e seus sócios, que são proprietários de um bufê de sucesso em Salvador, eram constantemente procurados pelos clientes pedindo que o serviço que ofereciam fosse além do evento contratado. Não raro, eles perguntavam quando iriam, novamente, degustar as delícias que a chef preparava.

Imagem ilustrativa da imagem No aconchego da casa do chef
Casa da Tina oferece jantar no jardim da casa, muito aconchegante

     Silvio Teixeira/ Divulgação

Desse interesse frequente, surgiu o projeto Casa da Tina, que geralmente oferece uma degustação bem intimista e para poucos convidados, que por meio de agendamento escolhem o menu e vão viver uma noite de jantar exclusiva, das 19h às 23h, com direito a entrada, prato principal e sobremesa em pleno jardim onde mora Cristina. “Quando a gente traz o convidado para perto, percebe que o cliente se encantou com sua casa, com sua comida, se sentiu realmente em casa”, diz Lucas Assunção Pantaleão, um dos sócios.

Para eles, criar um restaurante dentro de casa teve como fator principal a flexibilidade para manter os dois empreendimentos, mas sem perder o charme do atendimento feito com muito carinho por Cristina Assunção, que é “chef com amor”, como declara em suas redes sociais.

Imagem ilustrativa da imagem No aconchego da casa do chef
Vamos comer na casa do chef! A expressão dos amigos acabou gerando o nome e o conceito do restaurante Na Casa du Chef

     Na Casa Du Chef/ Divulgação

O chef Gerson Alves de Oliveira dos Santos teve a ideia de levar as pessoas para uma experiência dentro da própria casa enquanto fazia faculdade. O trabalho de conclusão de curso foi justamente esse projeto, que nasceu por causa dos amigos. Eles sempre iam degustar as maravilhas que Gerson fazia e criaram um bordão muito simpático: “Vamos lá na casa do chef!”.

“Iam muitos amigos na minha casa quando eu trabalhava em um hotel, em Stella Maris. Eu estava me formando em gastrologia e gostava de receber esses amigos. Quando eles queriam me visitar, falavam: ah, vamos lá à casa do chef tomar uma cerveja? Fui à casa do chef ontem!”, contou. 

O apelido pelo qual os amigos o chamavam se transformou numa marca registrada. Ele criou o projeto que levava o restaurante para dentro de casa e inaugurou o Na Casa du Chef, em Campinas de Brotas. Gerson conta que não tinha a noção desse conceito de restaurante, fez tudo intuitivamente.

“O objetivo era ter um restaurante na minha casa, projeto que está totalmente concretizado. As pessoas chegam aqui e tomam um susto. Elas, às vezes, perguntam: aqui é a casa dele? Veem o sofá, a TV, veem que tem objetos pessoais e dizem: bacana, projeto legal, na casa do chef mesmo!”.

O Na Casa du Chef funciona por meio de reservas, às sextas, sábados e domingos, das 11h às 16h. Embora as pessoas tenham alguns acessos à casa, as mesas ficam na varanda para melhor servir aos clientes e amigos.

E é do restaurante Na Casa du Chef que sai nossa receita de hoje. Uma criação de Gerson Alves, que mistura camarão, purê de raízes e outras delícias. Confiram.

      Purê de raízes com camarão ao alho e óleo.

Imagem ilustrativa da imagem No aconchego da casa do chef
Há três etapas no preparo dessa delícia, mas é fácil de fazer

     Isabel Oliveira/ Ag. A TARDE

Para o purê de raízes

Ingredientes

200g de aipim cozido, batata-doce, inhame e batata inglesa

Parmesão ralado a gosto

2 colheres de sopa de manteiga

Sal a gosto

Modo de Preparo

Cozinhe as raízes, respeitando o tempo de cozimento de cada uma. Reserve a água do cozimento. Bata todas as raízes no processador com um pouco dessa água.

Leve a uma panela. Acrescente manteiga, sal a gosto e parmesão ralado. Reserve.

Para o camarão ao alho e óleo

Ingredientes

200g de camarão com cabeça e sem as pernas

Azeite de oliva a gosto

2 cabeças de alho

Uma pitada de coentro

Gotas de limão

Modo de Preparo

Refogue o camarão com alho e óleo.

Acrescente um pouco de limão, sal e coentro. Observe o ponto do camarão, apenas doure rapidamente. Reserve.

Imagem ilustrativa da imagem No aconchego da casa do chef
O ensopado é uma das deliciosas etapas deste prato imperdível

     Isabel Oliveira/ Ag. A TARDE

Para o ensopado de camarão

Ingredientes

300g de camarão limpo, sem cabeça e pernas

Azeite de oliva

2 cabeças de alho

1 cebola em tiras

1 tomate em tiras

1 pimentão verde em tiras

1 limão

200ml de leite de coco

200ml de molho de tomate

Coentro picado a gosto

Sal a gosto

Modo de Preparo

Refogue na panela azeite, alho, cebola, tomate e pimentão em tiras.

Acrescente o camarão, o suco do limão, o leite de coco e o molho de tomate. Acerte o sal.

Em uma travessa para ir ao forno, monte uma camada de purê (cerca de 2cm) e coloque queijo muçarela ralado por cima.

Coloque a travessa no forno para derreter o queijo e retire.

Posicione o ensopado no centro, coloque um pouco de coentro e salpique.

Acrescente o camarão ao alho e óleo de modo que fique preso ao redor da travessa e onde fica o purê. Ainda quente, sirva.

Imagem ilustrativa da imagem No aconchego da casa do chef
Purê de raízes com camarão ao alho e óleo

      Na Casa Du Chef/ Divulgação

adblock ativo

Publicações relacionadas