Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador | A TARDE
Atarde > Colunistas > Histórias & Sabores

Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador

As iguarias típicas da Suíça são delícias que podem ser consumidas em qualquer estação, diz dona do Racletto

Publicado sábado, 11 de março de 2023 às 07:42 h | Autor: Isabel Oliveira
Imagem ilustrativa da imagem Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador
-

Casas debaixo da neve para lá de charmosas, um frio de congelar a alma, queijos que derretem como nenhum outro, um chocolate para lá de delicioso. Quem nunca ouviu falar do chocolate dos Alpes Suíços? Estes são os ingredientes principais da Suíça, famosa por seus queijos, sua comida à base de batatas, muito calóricas, mas que funcionam para um clima que pode chegar a menos de 3ºC. 

Imagina que os suíços são famosos por serem grandes produtores de derivados de leite, logo, de queijos. Ao longo dos séculos, foram se sofisticando com o manejo do produto e criando novos tipos de queijo. Por isso, são responsáveis pela criação, digamos assim, de mais de 500 espécies de uma das iguarias mais consumidas em todo o mundo. Entre os brasileiros, o mais famoso e conhecido é aquele dos furos redondos que sempre aparece em algum desenho animado, o emmental. 

Free swiss cheese image, public domain food CC0 photo.
Free swiss cheese image, public domain food CC0 photo. |  Foto: Divulgação
 

Foi por causa da paixão pelo queijo que a neta de austríacos e italianos Vilsana Raclette estudou com afinco um dos mais deliciosos produtos gastronômicos e praticamente uma unanimidade do planeta! Pudera gostar tanto de queijo! Ela tem marca de queijo no sobrenome: raclette! “Claro que os melhores queijos do mundo estão na Suíça”, afirma. 

Imagem ilustrativa da imagem Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador
 

Foram os estudos que levaram Vil, como é carinhosamente conhecida, a se interessar de vez pela gastronomia suíça, a ponto de querer trazer um pouquinho do país frio para a Bahia. Foi assim que abriu o restaurante Racletto, um pedacinho da Suíça encravado no Horto Florestal. A decoração, inclusive, tem algumas características que remetem à Suíça. 

Imagem ilustrativa da imagem Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador
 

“O que me fez decidir ter o restaurante foi a inexistência de uma culinária deste tipo em Salvador. Sempre recebi os amigos com raclette, que é uma comida típica e traz muito aconchego, muita união. É uma comida que aproxima muito as pessoas, que faz com que a gente se reúna em torno de uma mesa e tenha uma conversa muito interessante. Então tudo isso fez com que viesse a vontade de trazer esta experiência para Salvador. A comida suíça não é só um almoço, um jantar, a comida suíça é uma reunião de pessoas, uma aproximação. Então foi isso que quis trazer”, esclarece. 

 

  

Vilsana também acredita que o calor baiano em nada impede de degustar as comidas típicas da região gelada. "Aquele conceito de fondue e raclette que só se degusta no frio não é verdade. Eu recebo muitos clientes tanto no verão, no inverno, quanto em qualquer época do ano, que vão lá aproveitar a delícia que é um fondue, por exemplo. E não tem nada que impeça você de comer um fondue no verão. Então, a gente atende no verão, inverno e a qualquer momento com uma deliciosa comida suíça”, afirma. 

A comida suíça não é só um almoço, um jantar, a comida suíça é uma reunião de pessoas, uma aproximação. Vil Raclette, empresária
 

Um dos ingredientes mais aceitos no mundo todo, a batata chegou à Europa por volta do século XVI e então vieram muitas receitas e muitas histórias. Uma delas, a batata rosti. Conta a história que o escritor de Berna, parte alemã da Suíça, Jeremias Gotthelf, menciona a receita em 1837 em seu primeiro livro, “O espelho do fazendeiro, ou a história de vida de Jeremias Gotthelf”.   

Imagem ilustrativa da imagem Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador
 

“A batata rosti é um prato típico suíço. Ela nasceu na parte alemã da Suíça e é mantida no nosso cardápio exatamente como a receita original, simples, fácil de fazer e deliciosa. Nós gostamos muito de manter dois recheios, que são frango e queijo. Na batata rosti de frango nós também temos o queijo. É uma comida deliciosa, torradinha, crocante e nós mantemos a receita tradicional”, conta. 

Imagem ilustrativa da imagem Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador
 

 Rosti significa “fina e crocante”, como diz  Vilsana. “Na verdade, a camada que fica em volta do receio é uma camada fininha da batata, que é uma delícia, e ela realmente fica crocante porque ela é feita numa frigideira e cria essa casquinha crocante em volta”, entrega o segredo.

Imagem ilustrativa da imagem Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador
  

E agora, mãos à obra! A receita da batata rosti do restaurante @racletto é realmente muito fácil, prática e pode ser servida com um monte de comidinhas deliciosas! 

Batata Rosti

Ingredientes:

Para 1 Batata Rosti: 

400g de batata baroa

3g de sal,

50g de manteiga

50g de queijo raclette

100g de peito de frango cozido e desfiado

Preparo:

Aquecer a batata por 2 minutos no micro-ondas, descascar e ralar em ralo grosso.

Temperar com o sal,

Untar uma frigideira dupla pequena com manteiga.

Colocar em um dos lados da frigideira a batata ralada.

Acrescentar o recheio de frango mais o queijo 

Completar sobre o recheio o restante da massa de batatas.

Levar ao fogo a frigideira fechada e alternar os lados, de forma que a batata fique bem douradinha. 

Retirar da frigideira em um prato, enfeitar com alface e tomate-cereja e depois é só degustar esta delícia!

NOTA COM HISTÓRIAS & SABORES

Novos negócios consolidam Estrada do Chocolate como roteiro turístico na Costa do Cacau

Imagem ilustrativa da imagem Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador
  

O trecho rodoviário entre Ilhéus e Uruçuca, zona turística Costa do Cacau, onde funciona o roteiro histórico e gastronômico da Estrada do Chocolate, ganhou, nesta quinta-feira (9), novas atrações. A fábrica de chocolate Dengo abriu as suas instalações para visitação. A iniciativa é da Secretaria de Turismo (Setur-BA) para estimular a atividade na região onde estão instaladas mais de 80 marcas do setor chocolateiro. Na área da Dengo, o turista tem a oportunidade de conhecer uma fazenda de cacau e todo o processo da cultura, desde o plantio e colheita do fruto, até o uso das amêndoas para a produção do chocolate.

Produtos de carne de caju são apresentados e avaliados em Salvador

Imagem ilustrativa da imagem Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador
 

Nesta semana, produtos derivados da carne de caju foram apresentados pela Cooperativa de Agricultores Familiares de Ribeira do Amparo, Ribeiro do Pombal e Nova Soure (Cooperprac). Com foco no mercado vegano, a Cooperprac inovou e tem a expectativa de colocar no mercado alimentos como fibra de caju, que é base para diversas receitas, hambúrguer de caju e geleia de caju. Os produtos são oriundos da agricultura familiar das cidades baianas e tem o objetivo de fazer com que o sistema produtivo tenha maior valor agregado, melhore a renda do produtor e seja um modelo de negócio que possa ser replicado. A Cooperprac é apoiada pelo Governo do Estado com investimento de mais de R$ 1,5 milhão.

 Páscoa Havanna 2023: recheada de novidades e muito Dulce de Leche

Imagem ilustrativa da imagem Paixão por queijo faz empresária trazer um pedaço da Suíça a Salvador

A Havanna -- tradicional cafeteria de origem Argentina presente no Brasil há 16 anos e com unidade na Bahia --  apresenta coleção com nove opções de ovos, dos tradicionais aos lançamentos, todos recheados com o melhor doce de leite. Com o slogan de Páscoa “Havanna te faz mais Dulce”, a rede apresenta quatro novos ovos: Ovo de Páscoa Alfajor Branco, Duo de Chocolate ao Leite e Branco, Amendoim, e Beijos. As novidades já estão disponíveis em todas as lojas do país. Na compra de dois ovos de 426g, os consumidores serão presenteados com uma Mini Colomba de Dulce de Leche de 150g (promoção válida enquanto durarem os estoques).

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS