Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > colunistas > LEVI VASCONCELOS
COLUNA

Levi Vasconcelos

Por Levi Vasconcelos

ACERVO DA COLUNA
Publicado Wednesday, 24 de May de 2023 às 5:00 h | Autor:

Entre Bruno e Jerônimo, tucanos se mexem para parar de minguar

Confira a coluna de Levi Vasconcelos desta quarta-feira

Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
Seja como for, nos primeiros quatro meses dos governos de Lula e Jerônimo, a oposição parece mais magra
Seja como for, nos primeiros quatro meses dos governos de Lula e Jerônimo, a oposição parece mais magra -

Sábado que vem Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul e presidente nacional do PSDB, estará em Salvador. Vem se reunir com o partido para avaliar quais os melhores caminhos visando resgatar um pedaço da hegemonia perdida.

No meio político se dá como certo que os tucanos vão romper com Bruno Reis e fechar com Jerônimo ou seguir a vida como está. Não é algo tão simples, alertam integrantes do próprio partido.

O deputado estadual Pablo Roberto, por exemplo, se coloca como pré-candidato a prefeito em Feira de Santana, onde o PT já o lançou deputado federal. Como ficaria ele?

— Comigo o PSDB tem condições de assumir protagonismo que nunca teve em Feira de Santana.

Juazeiro —Pablo ressalta, todavia, que o PSDB sempre foi o partido ‘do diálogo e da conversa, não haveria porque mudar agora’. Mas lembra que no bojo de uma possível aliança com o governo está a obrigação de ouvir duas lideranças importantes, o deputado Tiago Correia, de Vitória da Conquista, e a prefeita de Juazeiro, Suzana Ramos.

— Se é para conversar, vamos. Sabendo que tudo isso estará em pauta na mesa.

O entendimento não parece algo tão fácil. Tiago Correia é marido da empresária Ana Coelho, que foi candidata a vice de ACM Neto. E Suzana Ramos derrotou o PT em 2020, embora ela própria admita a ideia, segundo aliados.

Seja como for, nos primeiros quatro meses dos governos de Lula e Jerônimo, a oposição parece mais magra.

Assembleia bota o olho nas invasões do MST pela Bahia

E eis que a Comissão de Agricultura da Assembleia aprovou ontem, por unanimidade, a criação de uma subcomissão para acompanhar de perto as invasões do MST na Bahia.

Segundo o presidente da Comissão, Manuel Rocha (UB), o assunto foi acordado com o presidente da Alba, Adolfo Menezes (PSD), já que a proposta de CPI do MST foi arquivada.

— É uma alternativa para nós acompanharmos um assunto tão importante.

Mas pelos corredores da Alba se disse que o deputado Rosemberg Pinto (PT), líder do governo, não gostou. Esperneou dizendo que o assunto não foi combinado, ele não sabia.

Em miúdos, embora o MST seja uma ramificação do PT, as invasões de fazendas fazem água na base de Jerônimo. Fora dos petistas, ninguém gosta.

Nilo vai bem, diz Sobreira

Raimundo Sobreira, ex-deputado, amigo da vida inteira de Nilo Coelho, ex-governador, hoje prefeito de Guanambi, garante que o falatório sobre a saúde dele é mais intriga política:

— Nilo tem problemas de saúde normais para uma pessoa de 80 anos, tudo sob controle. Ele tem o jatinho particular para voar a hora que quiser. O resto é futrica.

Segundo Sobreira, Nilo não será candidato ano que vem.

Na posse de Ronaldo, foi Aline quem deu alfinetada

No discurso de posse ontem como novo conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), o auditor Ronaldo Sant’Anna disparou: vai pautar a sua ação na corte como devotado defensor da educação, segundo ele, a chave para a civilidade.

Já que assim o é, nos bate-papos que temperam tais solenidades, eis que a conselheira Aline Peixoto, ex-primeira dama da Bahia, esposa do hoje ministro Rui Costa (Casa Civil), se aproximou do deputado estadual Marcelinho Veiga (UB) e falou:

— Estou grávida de três meses. O seu sogro ainda vai dizer que eu estou me separando?

O sogro de Marcelinho é o ex-deputado Marcelo Nilo, que rompeu com o governo ano passado.

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Assine a newsletter e receba conteúdos da coluna O Carrasco