O Carrasco – E o dinheiro dos royalties I? | A TARDE
Atarde > Colunistas > O Carrasco

O Carrasco – E o dinheiro dos royalties I?

Os bastidores da política passam por aqui

Publicado segunda-feira, 22 de abril de 2024 às 00:00 h | Autor: Da Redação
Os bastidores da política passam por aqui
Os bastidores da política passam por aqui -

E O DINHEIRO DOS ROYALTIES I?

O Sindicato das Indústrias Extrativistas de Minerais da Bahia (Sindimiba) celebrou na última semana os R$ 9 bilhões em investimentos já realizados no setor. São dados robustos, porém fica um alerta para a nova diretoria de que a relação Royalties X Investimentos públicos vai de mau a pior. O A TARDE mostrou em reportagem exclusiva que os indicadores sociais nas cidades onde a atividade de mineração é mais destacada, os números são muito ruins. Enquanto os Royalties enchem os bolsos públicos, a população segue carente em investimentos na Educação, Saúde e Infraestrutura.

E O DINHEIRO DOS ROYALTIES II?

A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) vem apresentando algumas soluções para amenizar esse problema, como atração de indústrias do setor e criação de um fundo específico para investimento em Educação nas cidades onde os prefeitos não fazem o dever de casa. Até lá, a população, que é quem mais precisa, segue sem a assistência devida e registrando atrasos em seu desenvolvimento enquanto o dinheiro pinga em bolsos alheios.

PISCA PISCA

A Alques, sucessora da Citeluz, ex-gigante do setor de iluminação pública do país e atual sócia do maior consórcio de Salvador pediu recuperação judicial no mês de março, a luz amarela acendeu na Praça Municipal.

SISTEMA BANGUELO

Usuários do plano odontológico Odonto System estão revoltados com a qualidade do atendimento. Isso porque, embora a marcação online disponibilize agenda para consultas, muitos estão ficando a ver navios por falta de integração entre os sistemas. Ou seja, para o usuário e para os atendentes da operadora, o plano está ativo, mas no sistema usado pelas clínicas, existe bloqueio. ANS, tem alguém aí?

BIRRO DOIDO

Hapvida é quem na prática toca a gestão do Planserv, o que, é verdade, melhorou um pouco a qualidade do plano de saúde dos servidores públicos estaduais. Apesar da melhora, empresas terceirizadas na área de saúde de Anatomia Patológica e Citopatologia, que inclui exame Citopatológico Cérvico-Vaginal Oncótico e Microflora vem sofrendo com glosas ilegais perpetradas pela Hapvida. Só em um período de dois anos, o birro ultrapassa a casa de milhão de reais, segundo dados de ação que tramita na Justiça. O Carrasco ouviu que outras áreas também têm sido alvo de glosas e empresas estariam ameaçando dois dias de paralisação geral, o que pode comprometer um apagão de atendimentos médicos e ambulatoriais.

PLUNCT PLACT ZUM!

O setor de logística teve um boom na pandemia e continua crescendo a olhos vistos gerando oportunidades de trabalho e com entregas cada vez mais rápidas. O mesmo não se pode dizer, no entanto, das devoluções, muito comuns em casos de compra pela internet. Nos Correios, além da evidente falta de pessoal, a burocracia para embalar a mercadoria e preencher formulários desnecessários submete os clientes a filas imensas e inevitável revolta.

CADÊ MARÃO?

A PF fez uma visitinha na última semana em Ilhéus e começou a limpar a casa por lá. Quando as viaturas adentraram a madrugada, teve gente carregando mala e papeis debaixo do braço pra não deixar as provas escaparem. Não é de agora que esse Carrasco vem avisando sobre a situação caótica da terra da Gabriela. Nesta rodada, já caíram um vereador e o secretário de Infraestrutura. Para os atores principais, a Operação Teatro Mambembe tarda, mas não falha. Aguardando a vez chegar, São Bento já prepara a campanha em desfile num carro preto, com a sirene ligada. Aguardem!

FOGO AMIGO

Cheio de esperanças para concorrer à prefeitura de Mucuri, o deputado Robinho viu as suas chances esvaziarem após um suposto “fogo amigo” do seu grupo político. Sem saída, o que restou para Robinho foi pendurar as suas esperanças para o próximo pleito.

DORMINDO NO PONTO

A menos de seis meses para as eleições municipais, o prefeito de Santo Estevão, Rogério Costa, já no segundo mandato, companheiro das antigas de Rui Costa e Jerônimo - que teve expressiva votação na última eleição, ainda não definiu o candidato a prefeito a ser apoiado por ele. Rogério diz que três nomes estão no radar. O franco favorito é o engenheiro agrônomo Walter Oliveira, assessor do governador e ex-diretor da Agersa. Oliveira é filho da terra e com capacidade de aglutinar outros apoios partidários. Enquanto isso, a oposição trabalha com um possível candidato. É uma eleição ou um elenco de futebol?

NEM UM CACETINHO

Depois de se fingir de morta e ver a repercussão nacional do ajuste na tabela salarial dos professores, a Prefeitura de Dias d´Ávila foi a campo e tentou, em vão, esclarecer os R$ 0,46 de acréscimo concedidos à faixa inicial da categoria. Sem plano de carreira, que hiberna na Câmara por determinação do prefeito Alberto Castro, a tabela serve de parâmetro para definir os reajustes entre os níveis determinados pela formação, carga horária e tempo de serviço. Fato é que com os 46 centavos concedidos, hoje não se compra nem um pão cacetinho.

O BARRACO DO BARRACA

E pelas bandas de Mata de São João, o prefeito empossado pelo antecessor João Gualberto anda se lambuzando nos bastidores. Bira da Barraca fez valer o apelido e armou o equipamento em pleno gabinete para “acampar” com uma amiga. A digníssima, assessora nomeada e que também tem a mãe na folha municipal, pegou o Don Juan no flagra e, ao invés da barraca o que se viu foi um verdadeiro barraco.

SINAL AMARELO

Causou estranheza a pouca presença de secretários municipais no lançamento da candidatura de José Ronaldo, semana passada, em Feira de Santana. As indefinições e o desalinhamento entre José Ronaldo e Colbert Martins deixam claro que há um quase racha entre os dois. Resta saber se isso pode prejudicar um dos Zés, o Ronaldo.

VERGONHA DO PAI

E se o legado de ‘Colbertzão’ o pai, é lembrado e querido até hoje pelo feirense, o que vai restar para o filho além da sarjeta? Com 72% de desaprovação da população da Princesa do Sertão, como revelado na pesquisa AtlasIntel/A TARDE desta segunda, 22, o atual prefeito não vai sequer poder andar na Av. Getúlio Vargas sem ouvir poucas e boas. Este Carrasco aposta que, já no ano que vem, surge o anúncio de um tempo no exterior para "estudar". Anotem.

LUZES DE EDNALDO

Em Cruz das Almas, tem chamado a atenção um contrato milionário firmado pela prefeitura, sob o comando do prefeito Ednaldo Ribeiro, com as empresas consorciadas Inlux Locações e Neoluz Projetos e Engenharia, na bagatela de R$ 23,4 milhões, em nome da efetivação e ampliação dos serviços de iluminação pública. A questão é que o valor é o maior já gasto em uma licitação na cidade, superando investimentos em uma grande avenida do município. A pressão sobre o gestor está do tamanho da gastança dele, fazendo com que a população cruz-almense comece a comparar os valores, que dariam para construir um hospital com 100 leitos, sendo 20 de UTI e 80 leitos de clínica médica cirúrgica e pediátrica, além de um parque de bioimagem completo com tomografia e ressonância. Prioridades, né, Ednaldo?

BAFAFÁ BURGUÊS

Confusão em cima de confusão no mitiê burguês. Assim está o clima no edifício Mansão Wildberguer, morada de luxo que tem sido o centro das atenções quando o assunto é bafafá. Um certo empresário, criador de um café energético, inventou uma reforma em seu apartamento sem ligar muito para as regras do condomínio e os prejuízos causados nos apartamentos vizinhos. O certo é que já existe decisão judicial para que a reforma seja suspensa sob pena de multa diária de R$ 10 mil.

STRIKE

Não passou despercebido por este Carrasco as mudanças feitas pelo secretário da Cultura nas autarquias da pasta. Em dois dias, foram demitidas as diretoras do IPAC e da Funceb, Luciana Mandelli e Piti Canella, respectivamente. Parte se agrada com mudança e outra torce a boca para o feito. As alterações, contudo, demonstram o prestígio de Monteiro dentro do governo estadual.

ASSUNTO PROIBIDO

Os jornalistas que tentam falar com a presidente estadual do PSB, Lídice da Mata, sobre a filiação de Kannário, encontram respostas prontas e saídas à francesa sobre o questionamento. Defensora da permanência do ‘príncipe do guetto’ na sigla, a socialista chegou a dar um puxão de orelha nos membros históricos do partido, que criticaram a adesão. A cautela se justifica. Vai que o príncipe do gueto arranca uma vaguinha na Câmara de novo e dobra o número de cadeiras do partido na casa? Dois é melhor que um!

CRESCENDO SILENCIOSAMENTE

Quem não percebeu ainda o crescimento político do deputado federal Leo Prates não entende nada de política e como ela é feita. Prates tem se destacado no âmbito federal sem deixar de lado as articulações na Bahia, principalmente em Salvador, território onde mira um longo prazo não tão longo assim. Afinal, ele fala abertamente seus planos para a capital já faz um bom tempo.

QUEM QUER DINHEIRO?

Na Alba, um deputado incorporou Silvio Santos e sorteou R$ 1 mil em suas redes sociais. A justificativa para a ação deve-se ao seu aniversário. “No meu aniversário, quem ganha o presente é você”, diz o post. Já pensou se essa moda pega?

SEM MEDO

Quem tem se mostrado destemido no caso de Binho Galinha é Adolfo Menezes, atual presidente da ALBA. Desde o início, pegou no pé de Rosemberg e Alan pela indicação dos membros do Conselho de Ética e, enquanto os líderes faziam de conta que não tinha nada a ver com Binho Galinha, ele nunca negou. “Temos que dar satisfação à população sobre o caso do deputado investigado”, falou no plenário. Instalada a comissão, ele imediatamente já disponibilizou aos membros o conteúdo do processo, encaminhado pelo MP.

PASSOS DE TARTARUGA

Há pouco mais de um mês, o próprio presidente Lula cobrou da ministra da Saúde, Nísia Trindade, mais ações efetivas no combate à dengue. Lula chegou a dizer que faltou "proatividade" da ministra ao longo de 2023 e que o avanço da dengue no país seria "inaceitável". A vacina está aí, testada e aprovada, embora grande parte da população tenha afrouxado na adesão da vacinação, muito por culpa do desgoverno anterior e sua campanha antivax, sejamos justos. É hora de o Ministério cair para dentro e fortalecer as campanhas, sobretudo em estados com índices mais altos de casos.

SETE RAZÕES PARA NÃO INVESTIR - XIV

O Carrasco vem pela décima quarta vez alertar aos investidores da Baía de Todos os Santos que nas próximas semanas a gigante instituição bancária das 3 letras irá definir o destino do pequeno vertebrado dos SEVEN mares. O estrondo causado pela BAD GIRL, coligadíssima nas pilantragens do peixinho da “rasgada” e do “backhand", têm deixado os investidores distantes de uma grande avenida financeira da Cidade de Salvador. O barulho das sirenes da polícia no entorno dos SEVEN mares tem deixado o cardume com as barbatanas ligadas. Há especulações de que os concorrentes estão deixando “o mar pegar fogo para comer peixe frito". Vamos aguardar a pesca de arrasto.

DEU PITI E SE DEU MAL

A exoneração da diretora da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) tem gerado uma série de especulações, especialmente após as entrevistas em que Piti disparou ataques ao secretário e ao Governo do Estado, para quem trabalhou nos últimos cinco anos. O Carrasco soube de algumas pessoas da própria Funceb de um episódio que não tinha sido explorado até então, mas teria determinado o rompimento da produtora cultural com o secretário Bruno Monteiro. No final de outubro do ano passado, Piti, contrariando uma orientação de Bruno, exonerou um servidor que estava afastado realizando um tratamento de saúde delicado, agravado por um quadro de depressão. De acordo com os ex-colaboradores, a então diretora da Funceb sabia que estava contrariando o secretário, mas afirmava que fazia porque tinha padrinhos mais poderosos. O tiro saiu pela culatra. A repercussão da exoneração foi muito negativa, considerada como insensível e desumana. E menos de uma semana depois a exoneração foi tornada sem efeito, mostrando que Bruno Monteiro venceu a queda de braço com a então subordinada. A partir disso, dizem os funcionários, que a relação de Piti Canella com Bruno Monteiro azedou de vez.

ENQUADRADA

A enquadrada da semana vai para a Acelen. Os preços abusivos do combustível na capital baiana ganharam novo capítulo e a dita empresa, junto com distribuidores e revendedores, parecem estar nadando de braçada contra o consumidor. Os motoristas foram surpreendidos com valores que chegam a R$ 7 reais o litro da gasolina. Mototaxistas e motoristas de aplicativos são os mais prejudicados e, muitos ouvidos por A TARDE, relatam desespero sobre como irão conseguir se manter na profissão. Enquanto o baiano sofre, os empresários do ramo que lucram cada vez mais e montam um posto em cada esquina, além dos 'sheiks', usam e abusam da falta de fiscalização. Quanto ao consumidor, este já não sabe mais a quem recorrer. Com a palavra Procon, Codecon e MP.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS