Aruã projeta mais Pataxó | A TARDE
Atarde > Colunistas > Tempo Presente

Aruã projeta mais Pataxó

Confira a coluna Tempo Presente desta quinta-feira, 15

Publicado quinta-feira, 15 de fevereiro de 2024 às 05:20 h | Autor: Tempo Presente
Trio com indígenas no Circuito Barra-Ondina
 
Carnaval Circuito Barra Ondina- Bloco Mascarados coroa majestades Lan Lanh e Nanda Costa/ Trio Brasil Índio leva manifesto em defesa dos povos originários pro Circuito 

Na foto:trio com indígenas do Sul do sudoeste baiano e tupinambas 

Foto:Denisse Salazar /AG. A TARDE
Data: 08/02/2024
Trio com indígenas no Circuito Barra-Ondina Carnaval Circuito Barra Ondina- Bloco Mascarados coroa majestades Lan Lanh e Nanda Costa/ Trio Brasil Índio leva manifesto em defesa dos povos originários pro Circuito Na foto:trio com indígenas do Sul do sudoeste baiano e tupinambas Foto:Denisse Salazar /AG. A TARDE Data: 08/02/2024 -

A participação dos indígenas em trio elétrico, como ocorreu no Carnaval baiano, eleva a estima da cidadania de raiz originária e tende a ampliar o número de pessoas autoproclamadas pertencentes ao Brasil nativo.

A expectativa é do cacique Aruã Pataxó, ao citar o salto da população originária habitante em aldeamentos ou integrada ao contexto urbano, com 229 mil indígenas declarando-se na Bahia, número superado apenas pelo Amazonas, entre os 26 estados brasileiros, de acordo com Censo 2022.

A projeção revela a tendência ao maior reconhecimento da sociedade, contribuindo para proteger as reservas indígenas sob ataque no Sul e no Extremo Sul da Bahia.

O Estado tenta mediar a luta pelas terras, entre o movimento organizado por fazendeiros, “Invasão Zero”, e as nações indígenas habitantes de Barra Velha, Comexatiba, entre outras localidades, como o território tupinambá de Olivença.

A Polícia Federal já sabe que há um grupo miliciano sediado em fazendas na zona rural do Prado e outros, agindo fora da lei, com força armada contra desarmada - denunciou Aruã Pataxó, coordenador Regional Sul da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai).

Na lista dos óbitos, estão o cacique Lucas Pataxó, Gustavo Conceição, Samuel Pataxó, Nawí Pataxó e Maria de Fátima Muniz - Pajé Nega Pataxó, todos e todas as mártires alvejados por pistoleiros ou integrantes do grupo fora da lei.

O governador Jerônimo Rodrigues (tupinambá) criou uma companhia independente da Polícia Militar para enfrentar o problema tendo como objetivo a pacificação a fim de evitar novas ofensivas por parte de quem reivindica avançar sobre a terra indígena - matando a sangue frio.

Residência Jurídica na DPE

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA), em parceria com a Universidade Federal da Bahia (UFBA), abriu novo processo seletivo para dar oportunidade a bacharéis e bacharelas em Direito de fazerem o programa de pós-graduação em Residência Jurídica na universidade e na Defensoria.

O concurso contempla 15 vagas, mais cadastro de reserva, e o edital foi publicado na quinta-feira passada, no diário oficial da Defensoria. As inscrições podem ser feitas até o dia 20 de fevereiro, pelo site da banca organizadora, a Fundação Cefet Bahia - https://bit.ly/residenciadpe

Publicações relacionadas