Biblioteca gigante faz festa em Nova Soure

Publicado quarta-feira, 20 de julho de 2022 às 04:59 h | Atualizado em 19/07/2022, 21:37 | Autor: Tempo Presente
Dias Gomes será o homenageado da festa literária
Dias Gomes será o homenageado da festa literária -

O escritor baiano Dias Gomes é o homenageado na 4ª Festa Literária Internacional naquela tida como a maior biblioteca rural comunitária do planeta, localizada no pequeno povoado de Papaiá, de onde origina-se o codinome do principal organizador, o entusiasta das letras Geraldo.

O autor dos enredos de telenovelas de grande audiência na consolidação deste gênero no Brasil, como Roque Santeiro, Irmãos Coragem e o seriado Carga Pesada, terá sua obra em debate por Geraldo Prado, Albino Canelas Rubim, Tom Torres, Ruy Espinheira Filho (poeta, jornalista, professor e articulista de A TARDE), além de Lena Vania Ribeiro Pinheiro.

A Flipaiaiá, como a festa é mais conhecida, está programada para os dias 27 a 30 de julho, mais uma vez por iniciativa do professor aposentado da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Geraldo Prado, idealizador da gigantesca biblioteca superdotada de acervo de milhares de volumes sobre as mais diversas áreas de conhecimento.

A programação completa já está definida, com a participação de escritores da Bahia e de outros estados, além de apresentações artísticas e manifestações culturais, como as previstas pela comunidade do circo Kadoshi.

A Biblioteca Comunitária Maria das Neves Prado, mais conhecida por Biblioteca do Paiaiá, em Nova Soure, a 250 quilômetros de Salvador, tem funcionado como aríete para abrir portas recentemente fechadas à difusão do saber e da literatura devido aos ataque à cultura e à educação por parte de quem primeiro deveria defendê-las por dever constitucional.

Um dos principais ímãs para as crianças é a atividade de contação de histórias, a cargo de Ana Paula Carneiro e Niclécia F. Gama, pesquisadoras dedicadas ao magnetismo gerado pela representação de personagens curiosos.

Bolsonaro flerta com o golpe. Caso aconteça, Deus queira que não, o ditador seria general da ativa. A hierarquia do Exército não aceitaria o capitão reformado por indisciplina ser o ditador. Em 1964 foi um capitão? Otto Alencar, senador, repercutindo novo ataque do presidente Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral brasileiro
  

Metrô conectado

Os aficcionados pelo surfe virtual vão reduzir o estresse, quando andarem no sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas: vai ter wi-fi, gratuito, para todas e todos. Não é difícil imaginar o quanto esta comodidade pode inverter a lógica da viagem, fazendo passageiros buscarem acesso aos trens para poderem fazer o outro tipo de navegação, a digital, em busca de entretenimento, bate-papo e conhecimento. O serviço foi viabilizado dentro do combinado pela parceria público-privada entre a concessionária e o Estado da Bahia, com cobertura nos mezaninos e plataformas de embarque e desembarque. Disponível, inicialmente, na Estação Aeroporto, o serviço estará presente em todas as estações do sistema metroviário, até o final do mês de novembro.

POUCAS & BOAS

Uma audiência pública movimenta hoje (20) o Centro Diocesano de Senhor do Bonfim para debater o impacto de parques de energias renováveis, linhas de transmissão e pequenas centrais hidroelétricas na Bahia. Com início às 9h, o evento tem a meta de encontrar soluções conjuntas para questões ambientais e direitos fundamentais de comunidades tradicionais e trabalhadores rurais. A audiência foi convocada pela Associação dos Advogados de Trabalhadores Rurais (AATR), Comissão Pastoral da Terra, Instituto Regional da pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA), dentre outros grupos de defesa ambiental e social. Foram convidadas 11 autarquias, órgãos fiscalizadores e instituições estaduais e federais.

Com apresentação da Filarmônica Erato Correntinense começa hoje (20), em Correntina, a Festa da Agricultura Familiar 2022, com uma programação variada de cursos e palestras sobre empreendedorismo e técnicas de cultivo. Naiara Azevedo é uma das atrações de hoje da festa que conta ainda com shows de artistas regionais até o dia 22, além de apresentações de grupos culturais.

A premiação da Academy of Chocolate, de Londres, para duas iniciativas acompanhadas pelo Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Litoral Sul da Bahia ainda repercute no estado. Ju Arléo Chocolates ganhou medalha de prata na categoria ‘Tree To Bar Flavoured’ pelo produto 70% com mel de abelha uruçu, com produção própria da árvore à barra de chocolate. Já a Benevides Chocolates, que produz chocolates artesanais do grão à barra (bean to bar) foi premiada com medalha de bronze nas categorias “Dark Bean to Bar” e “Milk Bean to bar Flavoured”.

Da Redação, com Miriam Hermes

Publicações relacionadas