Lençóis faz plano para agronegócios

Publicado quarta-feira, 08 de setembro de 2021 às 06:01 h | Atualizado em 07/09/2021, 20:54 | Autor: Miriam Hermes e Redação | [email protected]

Mais conhecida pela indústria do turismo, depois de superado o ciclo do diamante, com o fechamento dos garimpos, o município de Lençóis, na Chapada Diamantina, planeja incentivar os negócios agrícolas, com utilização de tecnologias e atração de investimentos.

Com este objetivo, o secretário de Agricultura Maurício Lima visitou o projeto desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), a convite da empresa Baixio Irrigação.

Localizado na região do médio São Francisco, entre os municípios de Xique-xique e Itaguaçu da Bahia, o empreendimento tem 105 mil hectares, dos quais metade de área irrigada, viabilizando a cultura de grãos, como feijão, milho e soja.

– O sistema de irrigação funciona por meio de pivô central, via gotejamento e aspersão, com financiamento pelo Banco do Nordeste –, afirmou o secretário da Agricultura de Lençóis, Maurício Lima.

Entusiasmado com o efeito da visita, por perceber a possibilidade de repetir o êxito em áreas da zona rural de Lençóis, Maurício Lima ficou de apresentar sugestões no sentido de convencer a prefeita Vanessa Senna da viabilidade do negócio.

Região rochosa e de áreas íngremes o suficiente para tornar a atividade agropecuária um desafio, a Chapada Diamantina pode ter aprendido com a experiência da pandemia a necessidade de diversificar atividades econômicas, para reduzir a dependência do turismo.

Uma demonstração desta busca por variedade na economia é a inauguração do Frigorífico da Chapada, em Andaraí, com capacidade de gerar 3 mil postos de trabalho, além de incentivar a pecuária de pequenos, médios e grandes produtores da região.

“Amanhã estarei no

Conselho da República (...)

com essa fotografia

de vocês, mostrar para

onde todos devemos ir”

Jair Bolsonaro, presidente da República

“Julgo que o presidente

se equivocou, pois

ninguém sabe disso

[da reunião]”

Hamilton Mourão, vice-presidente

Budismo e a compaixão

O Lama Padma Santem, uma das mais importantes lideranças do budismo no País, vai falar sobre o sentimento de compaixão, neste sábado a partir das 10h30, com transmissão pelo youtube. A palestra online ‘Cultivando Relações e Redes Compassivas’ integra um programa de mobilização dos adeptos do budismo na Bahia. Os interessados no conteúdo podem se inscrever por meio do endereço www.cebb.org.br/relacoeseredes.

– Quando relações e instituições parecem desmoronar, como cultivar a lucidez? Como transformar essa força em paz e em responsabilidade universal? – são algumas das questões a serem propostas pelo mestre budista, ao antecipar parte do conteúdo veiculado.

Capacitação de servidores

A Corregedoria Geral da Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb) está com inscrições abertas para o Curso Básico de Regime Disciplinar e Processos Correicionais. A iniciativa visa fortalecer a gestão dos processos disciplinares para apuração de irregularidades cometidas por servidores no desempenho de sua função. Os interessados devem realizar a sua inscrição no endereço: bit.ly/2WZMnYG.

POUCAS & BOAS

O Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (Compod) de Itabuna vai empossar hoje os novos conselheiros a partir das 10h. Na oportunidade os membros devem eleger o presidente e demais diretores em solenidade na Casa dos Conselhos. A nova diretoria vai reativar a entidade para atuar na prevenção do vício e reinserção na sociedade de pessoas recuperadas.

Em Itapé acontece hoje, na comunidade do Entroncamento, a 2ª edição do Projeto Prefeitura Itinerante. A partir das 10h os moradores terão acesso a uma série de serviços na área de saúde, bem como consultas jurídicas, emissão de RG e título de eleitor e carteira de trabalho.

Começa hoje a programação do III Congresso Internacional do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Psicanálise, Identidade, Negritude e Sociedade (Neppins) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Com o tema Psicologia e Saúde Mental; epistemiologias negras, afrodiaspóricas e ameríndias, o evento prossegue até o dia 14 de setembro.

Publicações relacionadas