Prudência ajuda Carnaval seguro | A TARDE
Atarde > Colunistas > Tempo Presente

Prudência ajuda Carnaval seguro

Confira a coluna Tempo Presente desta quarta-feira, 7

Publicado quarta-feira, 07 de fevereiro de 2024 às 05:20 h | Autor: Tempo Presente
Imagem ilustrativa da imagem Prudência ajuda Carnaval seguro
-

A segurança no Carnaval aumenta de importância quando se sabe das aglomerações, em meio ao incentivo para o consumo, logo, impõe-se a necessidade de ter algum miúdo no bolso para evitar usar o celular com a finalidade de transferência eletrônica.

Especialistas preocupados com o contexto favorável aos larápios de plantão assinalam como a primeira atitude, antes de tudo, a de planejar os gastos, a fim de calcular quanto dinheiro é razoável carregar.

Como ninguém está livre de furto ou roubo, a recomendação é a de desinstalar aplicativos de instituições financeiras, além de seguir a cautela de reduzir os limites de transferências eletrônicas.

- A segurança precisa ser presente para que os apreciadores da maior festa popular do país possam se divertir e fazer compras com tranquilidade”, afirma Rodrigo Maranini, coordenador de canais de distribuição Banco24Horas, sistema à disposição de 158 milhões de brasileiros.

O caixa eletrônico, entre outras opções, é a preferida, porém nos dias de Carnaval, é preciso lembrar da limitação do acesso a grande parte dos equipamentos, por ficarem em áreas vedadas ao público.

Uma boa forma de driblar uma possível dificuldade de encontrar um terminal disponível é a consulta pela internet, afirma Rodrigo Maranini, ao relacionar cinco dicas de segurança para os usuários.

Na hipótese de maior distancia, para alcançar o caixa eletrônico mais próximo, é possível usar o “Atmo”, dispositivo utilizado para viabilizar saques e consultas em estabelecimentos comerciais credenciados.

Rodrigo Maranini destaca também a importância de manter ativo o modo de localização do aparelho celular como tática de apoio para tentar ajudar as equipes de segurança pública a recuperar o aparelho.

“Favellê” revela Ana Sales

No “Inconstante” é o novo trabalho produzido pela "Favellê Music" - disponível na internet -, projeto liderado pelo multi-instrumentista baiano Marivaldo dos Santos, radicado nos EUA mas sem perder a ternura jamais pela periferia preta de Salvador. A revelação da vez é uma adolescente de 17 anos, Ana Sales, moradora do bairro de Narandiba, afeiçoada ao gênero rhythm and blues e adepta dos instrumentos de corda – violão, cavaquinho, guitarra -, além de teclado. Quabales Banda é como se apresentam os talentos pretos dos bairros e comunidades das periferias de Salvador, renovando a música baiana com seleções periódicas.

Posse no CNMP

Tomou posse ontem como  conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público, para o biênio 2024-2026, o advogado e professor baiano Edvaldo Nilo. A solenidade, na sede em Brasília, teve a participação de diversas autoridades dos três poderes, representantes do ministério público e da advocacia.

- A expectativa e que o professor Edvaldo Nilo, com seu olhar humano e profundo conhecimento jurídico, certamente contribuirá para o aperfeiçoamentow eficiência desse importante órgão de controle externo, disse o sócio Georges Humbert, também advogado e professor baiano, e foi à Brasília prestigiar a posse.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS