Cartunista Angeli encerra carreira por quadro de afasia

Disfunção é a mesma que causou a aposentadoria de Bruce Willis

Publicado quarta-feira, 20 de abril de 2022 às 14:53 h | Atualizado em 20/04/2022, 16:09 | Autor: Da Redação
O cartunista Angeli, de 65 anos, anunciou o fim da sua carreira
O cartunista Angeli, de 65 anos, anunciou o fim da sua carreira -

O cartunista Angeli, de 65 anos, anunciou o fim da sua carreira após receber o diagnóstico de afasia progressiva primária. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 20, pelo jornal "Folha de S.Paulo", onde o artista colaborou por mais de 50 anos.

>>> Entenda o que é afasia, condição diagnosticada em Bruce Willis

"Recebemos o diagnóstico [de afasia] há alguns anos. Essa é uma condição degenerativa e, de um mês para cá, ficou um pouco mais pesada. Achamos que assim ele poderá trabalhar e produzir neste novo momento de vida mais tranquilamente", afirmou a esposa do cartunista, Carolina Guaycuru, ao portal G1. "Encerra como cartunista, mas não como artista", completou ela. 

A afasia é o nome dado a uma disfunção que faz com que o paciente tenha dificuldade de se comunicar adequadamente, afetando a compreensão de imagens e sons, bem como distintas modalidades de expressão. O paciente com afasia pode enfrentar problemas para ler textos, entender falas e sons, falar e escrever. A condição não se confunde com outras, como disartria (dificuldade de articular palavras da forma correta), disfonia (que causa rouquidão) ou da doença de Alzheimer.

Recentemente, o ator Bruce Willis se aposentou da atuação devido a mesma doença. Outros artistas como Sharon Stone, Emilia Clarke, Alicinha Cavalcanti e Kirk Douglas anunciaram ter afasia.

Angeli

Paulistano nascido em 1956, Arnaldo Angeli Filho publicou seu primeiro desenho aos 14 anos na extinta revista Senhor. Na Folha de S.Paulo, ele começou em 1973 com a tira diária “Chiclete com Banana”. Alguns de seus personagens mais famosos são Rê Bordosa, Bob Cuspe, Wood & Stock e os Skrotinhos. Também é dele o icônico pinguim, símbolo da Revista Piauí.

Angeli também teve seus trabalhos publicados pelas revistas Linus, de Milão; El Vibora, de Barcelona; Humor, de Buenos Aires, e no jornal Diário de Notícias, de Lisboa. Ele também é um dos idealizadores e editores do projeto Baiacu.

Publicações relacionadas