Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > cultura > LITERATURA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
05/10/2023 às 0:00 - há XX semanas | Autor: Eugênio Afonso

ESPAÇO DE MULTILINGUAGENS

Editora Caramurê inaugura livraria no Comércio

Espaço será aberto com o lançamento do mais recente livro do jornalista Marcos Uzel

Fernando Oberlaender e Marzia Chastinet, sócios da Caramurê
Fernando Oberlaender e Marzia Chastinet, sócios da Caramurê -

Com palha de dendê no teto e luminárias feitas de palha de coco, a terceira sede da editora Caramurê – ancorada no Doca 1, Comércio –, chega com a pretensão de ser bem mais do que apenas uma livraria. Ela quer ser um ponto de encontro para baianos e turistas com livros, objetos de arte e decorativos – camisas, azulejos, canecas, gravuras, esculturas e outros –, café e restaurante.

Neste sábado, 7, às 15h, para inaugurar a casa, o jornalista, escritor, professor e crítico de teatro baiano Marcos Uzel lança o seu mais recente livro: Nilda. Uma peça teatral inédita sobre a dama do teatro baiano, Nilda Spencer (1923-2008), que completaria 100 anos este ano.

A ideia da Caramurê: café, arte e livros é valorizar a cultura baiana e se transformar em um local em que o consumo literário se torne uma experiência cultural, visual, artística e gastronômica. Além da fenomenal vista para a Baía de Todos os Santos, o espaço terá, no cardápio, pratos com títulos dos livros da editora e uma parede de quadros só de artistas baianos.

Fernando Oberlaender, editor da Caramurê, explica que o propósito da nova empreitada é estimular o consumidor de livros a não só comprar as obras, mas saborear os pratos, apreciar a vista, beber um café ou uma taça de vinho, escutar música e, sobretudo, fazer uma imersão na cultura da Bahia.

“A ideia é que tenhamos um espaço que promova uma experiência com a cultura em multilinguagens: literatura, música, teatro, dança, memória. Escolhemos o Polo de Economia Criativa Doca 1 porque ele tem uma proposta contemporânea para o setor. Além de termos ficado apaixonados com a beleza do lugar”, conta Oberlaender.

Marzia Chastinet, sócia de Fernando, garante que o espaço é convidativo e que a tendência das livrarias atuais é se especializar. “A nossa é especializada em literatura e arte da Bahia. Tudo isso associado a uma culinária saborosa. Ou seja, um ponto de encontro ideal para reunir amigos”.

Quanto a continuar investindo em literatura, Oberlaender afirma que, apesar das querelas, não teme seguir no ramo e acredita que a Bahia respira cultura desde priscas eras. “Para nós, nunca teve nada fácil, sempre vencemos com nossa força de trabalho e criatividade. Tudo que fizemos nos últimos 30 anos foi apostando nisso”.

Ideologia e memória

O jornalista Marcos Uzel, que estará autografando seu novo livro na Caramurê, conta que a trama de Nilda mescla ficção e memória documental, enredada numa teia de situações cômicas, dramáticas e emocionantes.

Ele diz ainda que a obra tem a estrutura de um musical e narra episódios da vida de uma mulher admirável, que teve a ousadia de fazer teatro na Bahia moralmente conservadora dos anos 1950 sem ceder ao machismo provinciano da época.

“Episódios intensos e saborosos dessa atriz que virou um símbolo de liberdade feminina ao ressignificar o seu espaço no mundo a partir do momento em que decidiu pisar no palco e ser feliz. É minha primeira imersão pelo campo ficcional depois de mais de 30 anos escrevendo sobre realidades nas práticas jornalísticas”, pontua o escritor.

Uzel acredita que ao celebrar a memória de Nilda Spender, que foi uma das pioneiras do teatro profissional em Salvador, está homenageando um coletivo de mulheres incríveis que carregaram a tocha da tradição e vêm passando lindamente o bastão para outras gerações.

Lançar o livro pela Caramurê, de acordo com Marcos, significa trabalhar com uma editora muito respeitada e potente. “O lançamento nesse lugar de energia boa, sob o cenário da Baía de Todos os Santos, é uma adesão a essa proposta de diversidade artística num ambiente literário”, reforça o jornalista.

Nilda tem apoio institucional da Fundação Cultural do Estado da Bahia e dá continuidade ao trabalho de Uzel em defesa da memória teatral baiana. São dele também Teatro na Bahia: 80 críticas, a biografia Nilda – a dama e o tempo, Poéticas de Marcio Meirelles e O Teatro do Bando (biografia do Bando de Teatro Olodum).

“Este novo livro é mais um documento de memória à disposição de pesquisadores e pesquisadoras da cultura brasileira e que pode, quem sabe, vir a ser encenado”, propõe o autor. Fica a dica!

Uzel tem pós-doutorado em artes cênicas pela Ufba, onde obteve os títulos de doutor e mestre em cultura e sociedade. Atualmente, cursa na mesma universidade o seu segundo doutorado - desta vez na Escola de Teatro - com o tema ‘De braços abertos para Harildo Déda: a celebração da arte do mestre em A última sessão de teatro’.

Inauguração da Caramurê: café, arte e livros e lançamento do livro Nilda, de Marcos Uzel / 07 de outubro / 15h / Doca 1, Comércio / Gratuito

Assuntos relacionados

Editora Caramurê

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Editora Caramurê

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Editora Caramurê

Publicações Relacionadas

A tarde play
Fernando Oberlaender e Marzia Chastinet, sócios da Caramurê
Play

“Flica é a mãe de todas as feiras literárias da Bahia”, diz curador

Fernando Oberlaender e Marzia Chastinet, sócios da Caramurê
Play

Programação da Flipelô

Fernando Oberlaender e Marzia Chastinet, sócios da Caramurê
Play

Felica: festa literária começa neste domingo de forma online e gratuita

Fernando Oberlaender e Marzia Chastinet, sócios da Caramurê
Play

Festa Literária da Caramurê aborda o livro como instrumento de transformação

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA