Roberto Carlos nega convite para participar da campanha de Bolsonaro

Cantor foi procurado após Anitta declarar voto em Lula

Publicado segunda-feira, 18 de julho de 2022 às 19:19 h | Atualizado em 18/07/2022, 19:19 | Autor: Da Redação
Artista teria dito à equipe para nem responderem a equipe do político
Artista teria dito à equipe para nem responderem a equipe do político -

Após Anitta ter declarado voto em Lula e ter dito que faria o que estivesse ao seu alcance para dar visibilidade ao petista, a equipe de Bolsonaro foi atrás do cantor Roberto Carlos buscando apoio.

Em fevereiro de 2018, o artista comentou que o então juiz Sergio Moro merecia aplauso por causa do trabalho na Operação Lava Jato.

Após a declaração, inclusive, publicações falsas diziam que o cantor havia declarado apoio a Bolsonaro, o que nunca aconteceu.

Segundo informações da revista Veja, a equipe de Bolsonaro queria Roberto Carlos para fazer frente a Anitta e seu apoio a Lula.

Entretanto, segundo a publicação, a orientação dada pelo artista teria sido nem sequer responder aos convites.

O rei, inclusive, já havia dado leves declarações sobre o governo. Em 2020, ele afirmou que Bolsonaro estava com dificuldade em realizar o que propôs. "Eu torço para o Brasil", disse.

No fim do ano passado, bolsonaristas compartilharam o vídeo de uma motociata de Bolsonaro em Santa Catarina ao som da canção 'Verde e Amarelo'.

O autor, Roberto Carlos, por meio de sua equipe, frisou que não autorizou este uso. "Não autorizei, não autorizo e não autorizarei", disse.

Publicações relacionadas