Novo técnico da Seleção Brasileira: Bombeiro chegando? | A TARDE
Atarde > Esportes

Novo técnico da Seleção Brasileira: Bombeiro chegando?

Dorival Júnior se despede do São Paulo rumo à grande missão de reerguer a Canarinho em crise

Publicado terça-feira, 09 de janeiro de 2024 às 07:00 h | Autor: Daniel Farias
Treinador levantou a taça da Copa do Brasil duas vezes e conquistou a  Libertadores entre 2022 e 2023
Treinador levantou a taça da Copa do Brasil duas vezes e conquistou a Libertadores entre 2022 e 2023 -

O momento da Seleção Brasileira é um  dos mais difíceis nas últimas décadas. Uma soma de fatos vem contribuindo para essa situação: grave  crise política agravada na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com o presidente Ednaldo Rodrigues afastado e depois reconduzido ao cargo, ausência de renovação de craques com destaque na Canarinho e uma posição complicada na tabela das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Em meio ao incêndio verde-amarelo, foi escalado como uma espécie de bombeiro o técnico Dorival  Júnior, o novo técnico da Seleção, que se despediu ontem do São Paulo, clube no qual realizou um trabalho vitorioso no ano passado, conquistando o título da Copa do Brasil sobre o Flamengo. Em 2022, já havia sido campeão do mesmo torneio nacional e da Libertadores pelo Rubro-Negro. 

O pronunciamento do treinador, através do São Paulo, havia sido realizado no próprio domingo, quando o clube paulista enviou nota à imprensa tratando da saída de Dorival Júnior  da agremiação. Mas o próprio técnico utilizou o seu perfil em uma rede social ontem agradecendo ao Tricolor Paulista, entretanto,  sem citar o desafio na Canarinho. A informação ainda não foi confirmada pela CBF. 

“Ser treinador do São Paulo Futebol Clube é uma honra. E uma que pude ter duas vezes na minha carreira. Deixo o São Paulo, hoje, pronto para enfrentar os desafios da temporada. No rumo certo e com grandes pessoas e profissionais os guiando. E também o deixo com o dever cumprido e um sonho pessoal atingido, de ser campeão com essa magnífica camisa”, falou Dorival.

Um dos destaques do São Paulo na temporada, sob o comando do treinador,  o atacante Lucas comentou a saída de Dorival Júnior e desejou sorte ao seu ex-comandante. “É raro no futebol encontrar pessoas como você, grande treinador, grande profissional e, acima de tudo, um ser humano excepcional. Golpe duro para nós, mas pode ter certeza que estamos muito contentes com a sua conquista, pois você merece muito”, disse o jogador do Tricolor Paulista. 

Primeiros desafios 

O novo técnico da Seleção Brasileira terá dois jogos amistosos antes do seu primeiro grande desafio, a Copa América, que será enfrentar as seleções da Inglaterra e do México em dois amistosos. O torneio continental começa em junho e o Brasil está no Grupo D, o mesmo de Colômbia, Paraguai e Costa Rica. 

Nesses dois confrontos, já programados, Dorival vai ter a missão de vencer e convencer para  recuperar a moral brasileira, fortemente abalada após as derrotas sucessivas para Colômbia, Uruguai e Argentina na competição classificatória para o Mundial. 

O Brasil atualmente é o sexto colocado nas Eliminatórias, com apenas sete pontos somados em seis partidas, menos da metade da líder, Argentina, e apenas dois a mais do que o Paraguai e o Chile, que ocupam a sétima e oitava posição, respectivamente. 

 Não será a primeira vez que o treinador viverá um momento de crise como comandante técnico. Há cerca de 14 anos, ele viveu um momento complicado com a grande estrela do seu novo elenco, Neymar, quando o jogador ainda estava no Santos. 

Depois de um desentendimento com o meia Ganso, que se recusou a ser substituído em uma partida do Santos, o jogador teve um problema com Neymar por uma atitude considerada desrespeitosa durante um treino. Ele não escalou o craque brasileiro na partida seguinte e em seguida  foi despedido pela direção santista. 

Agora, Dorival Júnior provavelmente vai treinar justamente o jogador que já gerou uma demissão na sua carreira. Mais maduro e com títulos acumulados no futebol brasileiro, Dorival chega à seleção como um bombeiro experiente para apagar o incêndio da Seleção e contribuir para amenizar o clima na CBF. 

Publicações relacionadas