Palco de amistoso, Salvador pode sediar Mundial de 2027; veja detalhes | A TARDE
Atarde > Esportes

Palco de amistoso, Salvador pode sediar Mundial de 2027; veja detalhes

Brasil enfrenta a Jamaica no dia 4 de junho, em Salvador

Publicado terça-feira, 30 de abril de 2024 às 17:07 h | Atualizado em 30/04/2024, 17:11 | Autor: Da Redação
Torcida do Brasil na Copa do Mundo feminina
Torcida do Brasil na Copa do Mundo feminina -

Como divulgado neste sábado, 27, pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Bahia voltará a receber um jogo da Seleção. O confronto em questão será um amistoso entre Brasil e Jamaica, no dia 4 de junho, em Salvador. 

Em parceria com a Federação Bahiana de Futebol (FBF), a CBF trará a partida que servirá como preparação para os Jogos Olímpicos de Paris, que começam no dia 25 de julho. Assim, o duelo contra a Seleção Jamaicana será o último antes da competição, onde o Brasil buscará a sua primeira medalha de ouro. 

Sobre a partida, o Presidente da FBF, Ricardo Lima, comemorou o feito e afirmou ser uma conquista para o futebol baiano. Além disso, destacou a certeza de que o público baiano fará uma linda festa para receber a Seleção. 

"Estamos muito felizes por mais essa conquista para o futebol baiano. Receber a Seleção Feminina em Salvador, para um amistoso de preparação para uma competição tão importante como os Jogos Olímpicos, é motivo de orgulho. Agradecemos à CBF, na pessoa do Presidente Ednaldo Rodrigues, pela escolha por nossa cidade. Temos certeza de que será uma linda festa, com apoio da torcida baiana", disse o Presidente da FBF. 

FIFA recebe Brasil como candidato a sede da Copa do Mundo Feminina de 2027
FIFA recebe Brasil como candidato a sede da Copa do Mundo Feminina de 2027 |  Foto: Divulgação
  

Candidata à Copa do Mundo de 2027

A fim de aproximar o futebol feminino do país, o Brasil é um dos candidatos para sediar a Copa do Mundo de 2027. Além da bandeira verde, amarela e azul, Bélgica, Alemanha e Holanda também estão na concorrência.

Nesta segunda-feira, 29, Estados Unidos e México desistiram da candidatura, justificando que "mudarão o foco para buscar" o Mundial de 2031. Desta maneira, a CBF ganha força para, pela primeira vez na história, sediar um Mundial feminino. A decisão oficial será divulgada no dia 17 de maio, na Tailândia. 

Sobre a possibilidade de trazer a Copa do Mundo ao Brasil, o Diretor Geral da Sudesb, Vicente Neto, comentou sobre a vontade de tornar a Bahia uma sub-sede e garantiu que a candidatura foi muito bem recebida pela Confederação Brasileira. 

"A Candidatura foi muito bem recebida pela CBF, preenchemos os formulários que foram exigidos. Deu trabalho, mas agora é aguardar o anúncio. Tenho certeza que estamos bem nesta disputa com outros estados e que a Bahia será uma das sub-sedes" disse o Diretor. 

O Brasil confirmou a candidatura em março deste ano e poderá se tornar o primeiro país da América do Sul a sediar uma Copa do Mundo de futebol feminino. O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, garantiu que trabalha de forma incansável para garantir a confirmação da sede e afirmou que o futebol feminino é uma prioridade na sua gestão. 

"A CBF respondeu todas as exigências da Fifa e agora trabalha de forma incansável para obter os votos necessários para realizar, pela primeira vez, na história a Copa do Mundo Feminina no nosso país. O futebol feminino é uma das prioridades da minha gestão e a realização desse grande evento será um grande impulso para a sua massificação em todo o país", disse Ednaldo.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS