Rússia anuncia redução 'radical' de atividade militar em Kiev

Um encontro entre Putin e Zelensky também passou a ser considerado

Publicado terça-feira, 29 de março de 2022 às 10:59 h | Atualizado em 29/03/2022, 10:58 | Autor: AFP
Negociações entre Rússia e Ucrânia tiveram avanços
Negociações entre Rússia e Ucrânia tiveram avanços -

A Rússia reduzirá "radicalmente" sua atividade militar perto de Kiev e Chernihiv, após negociações "significativas" entre as delegações dos dois países em Istambul, disseram os negociadores russos nesta terça-feira (29).

"À medida que as negociações sobre um acordo de neutralidade e o status não nuclear da Ucrânia entram em uma dimensão prática (...), foi decidido, para aumentar a confiança, a redução radical da atividade militar em Kiev e Chernihiv", declarou o vice-ministro da Defesa russo, Alexandre Fomine, em Istambul. 

O chefe da delegação russa, Vladimir Medinksi, classificou as negociações como "significativas". Também explicou que o presidente russo Vladimir Putin poderia se reunir com seu homólogo ucraniano, Volodimir Zelensky.

"Após as discussões significativas de hoje [terça-feira] nós decidimos e propusemos uma solução, segundo a qual é possível a reunião dos chefes de Estado simultaneamente com a assinatura do tratado por parte dos ministros das Relações Exteriores", acrescentou Medinsky.

"Com a condição de que se trabalhe rapidamente no acordo e se encontre o compromisso necessário, a possibilidade de chegar à paz estará muito mais perto", disse.

Publicações relacionadas