Feirão tem cinco mil imóveis novos a partir de R$ 145 mil

Evento começou nesta sexta-feira, 5, e vai até domingo, 7, no Shopping da Bahia, com participação de 11 construtoras

Publicado sábado, 06 de agosto de 2022 às 07:00 h | Atualizado em 05/08/2022, 23:46 | Autor: Fábio Bittencourt
Top Club Residencial fica na Vila Canária, área do antigo Cajazeiras Golf Clube
Top Club Residencial fica na Vila Canária, área do antigo Cajazeiras Golf Clube -

Começou nesta sexta-feira, 5, e vai até 19h de domingo, 7, no Shopping da Bahia, o Feirão de Imóveis Robsac, antigo Feirão da Casa Própria. Em sua sexta edição, o evento conta com cinco mil unidades novas à venda, com preços que variam de R$ 145 mil a R$ 1 milhão, e condições diferenciadas para alguns empreendimentos, como ITIV e taxas cartorárias grátis. Quase 70% das ofertas enquadram-se no programa de habitação do governo, o Casa Verde e Amarela, que oferece subsídios na compra.  

Participam da ação 11 construtoras, com apartamentos prontos para morar, em fase de obra ou na planta, em diversos bairros da capital, como Cabula, Cajazeiras, Jaguaribe e Pernambués, e ainda na região metropolitana de Salvador, em Camaçari, Lauro de Freitas e Abrantes. Correspondentes bancários da Caixa Econômica Federal fazem atendimento no local, prestando informações relativas à documentação necessária, simulando financiamento e efetivando negócios.

O organizador Roberto Sacramento conta que o “projeto” passa por uma “evolução”, construindo e imprimindo ritmo a um calendário do setor (imobiliário). O Valor Geral de Vendas (VGV) da iniciativa é de aproximadamente R$ 500 milhões.

“É um feirão de negócios. Em três dias, permite o visitante fazer comparações, analisar bem cada condição, o produto que melhor atende à sua necessidade. Com tudo em um só lugar, segurança, estacionamento, praça de alimentação, lazer”.

O evento é promovido pelas imobiliárias A&F e Imob. Sócio-diretor da Imob, Eric Pereira, destaca que, apesar da alta da Selic, os juros médios cobrados pelos bancos no crédito habitacional ainda giram em torno de 8%, com a vantagem da criação de mais linhas de financiamento pela Caixa (indexadas à inflação ou poupança, com tabelas de progressão Price ou SAC) que, segundo ele, faz toda a  diferença para quem, por exemplo, faz plano de  pagar a dívida no médio ou longo prazo.

Destaques do evento

Voltando aos imóveis, Pereira chama a atenção para alguns empreendimentos de destaque à venda no feirão, como o Ancoratto Jaguaribe, da Kubo Engenharia em parceria com a Gráfico Empreendimentos; o Morada Flor de Lis, da Liz Construções; e o Adorato, da JVF, no Cabula, com dois e três quartos, suíte e varanda, com entre 40 m² e 60 m², infraestrutura  acessível, e lazer completo. A obra está pronta –, unidades a partir de R$ 349 mil. 

O Ancoratto é erguido na valorizada orla de Jaguaribe, com pré-certificação para o “IPTU Verde”, 178 apartamentos de dois e três quartos, uma única torre de 22 pavimentos, dois  halls independentes, e dois elevadores para cada 4 apartamentos.

 Já o Morada Flor de Lis, no Jardim Brasília, diz Pereira, pronto para morar, oferece até 4,5% de desconto no preço final (ITIV e taxas cartorárias gratuitos), e conta com unidades de dois quartos e suíte (54,8 m²), duas torres e lazer de clube.

A Concreta Engenharia participa do feirão com o Top Club Residencial, como o próprio nome diz, um condomínio para toda família, conta o diretor da empresa Vicente Mattos. O empreendimento, na Vila Canária, área do antigo Cajazeiras Golf Clube, está finalizando a segunda torre, de oito pavimentos, para depois iniciar a construção da terceira. A previsão é de ficar pronto em dezembro de 2023. São apartamentos de dois quartos com suíte (53 m²), varanda e área técnica (split).

O preço médio do imóvel é R$ 235 mil, fala Mattos. “Um bom produto, com projeto do arquiteto Sidney Quintela, e um nível melhor entre os concorrentes econômicos. Tecnologia de parede de concreto, área comum bem privilegiada, portaria com pé direito duplo, piscinas adulto e infantil, academia, salão de festas, espaço gourmet, bicicletário. Essa é a oportunidade do consumidor adquirir a casa própria antes do aumento dos preços”. O que deve ocorrer após as eleições, início de 2023, dizem os analistas.

Publicações relacionadas