Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > OPINIÃO
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
17/11/2023 às 5:00 - há XX semanas | Autor: Editorial

EDITORIAL

Em busca de bons ares

Confira o Editorial do Jornal A TARDE desta sexta-feira, 17

Agosto branco é mês de alerta para o enfrentamento do câncer de pulmão
Agosto branco é mês de alerta para o enfrentamento do câncer de pulmão -

Respirar bons ares tem sido, através dos tempos, uma necessidade orgânica do corpo humano, na condição de bem intermediário à felicidade, pois da excelência do funcionamento dos pulmões depende a existência dita saudável.

A boa nova, no sentido de favorecer quem preza as duas bolsas de resfolego do “tanque” humano de oxigênio, repudiando, por natureza, o venenoso gás carbônico, nasce da Aliança Brasileira de Combate ao Câncer de Pulmão.

A entidade, criada ontem, durante o XXIV Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica, no Rio de Janeiro, vai reunir, em frente ampla, uma série de outras instituições visando unirem forças a fim de reduzir e evitar a dor e o sofrimento.

Espera-se do entrosamento resultante da cooperação multidisciplinar a maior divulgação das causas das enfermidades pulmonares, levando em conta o fato de ser triste campeã mundial com escassa chance para terapias.

A mórbida e até certo ponto espantosa curiosidade é o fato de o número de casos comprovados no mundo – cerca de 2 milhões somente este ano – bater bem perto do número de óbitos – 1,8 milhão, no rumo de coincidir os algarismos.

Exercitando o pleno didatismo, quem adoece tem poucas chances de salvar-se, quase comparáveis a acertar o prêmio de uma loteria, pois a ciência não avançou o suficiente para apoiar plenamente a medicina na reversão do mal.

Desenvolvido pela seleção natural das espécies, e situado dentro da cavidade torácica, o equipamento sofisticado tem sofrido com danos ambientais da poluição, agravados com a prática ancestral de puxar um traguinho a mais.

A benfazeja união visa mobilizar recursos a fim de sensibilizar as pessoas para a importância do diagnóstico precoce, por tabela, forçando visitas constantes aos consultórios médicos, tanto da rede pública quanto da lucrativa.

O tabagismo, outrora cultuado, vem sendo condenado como o vilão, mesmo com mensagens de alerta nas carteiras, embora, em contrapartida, possa incentivar a pressa da finitude por falta de um projeto para a vida valer a pena.

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Publicações Relacionadas

A tarde play
Agosto branco é mês de alerta para o enfrentamento do câncer de pulmão
Play

Simplificando a ortografia e o ensino

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA