“Tem que oferecer a Justiça”, comenta Jerônimo sobre casos de estupros | A TARDE
Atarde > Política > Bahia

“Tem que oferecer a Justiça”, comenta Jerônimo sobre casos de estupros

Líder estadual detalhou que as vítimas estão tendo o apoio necessário

Publicado quarta-feira, 14 de fevereiro de 2024 às 11:07 h | Atualizado em 14/02/2024, 11:39 | Autor: Eduardo Dias e Flávia Requião
Jerônimo ressaltou que a segurança pública está cuidando para localizar os homens responsáveis pelos crimes
Jerônimo ressaltou que a segurança pública está cuidando para localizar os homens responsáveis pelos crimes -

O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), mais uma vez lamentou, na manhã desta quarta-feira, 14, os casos de estupros que ocorreram no circuito Dodô, em ondina, durante o Carnaval de Salvador.

“Aqui, eu não vou guardar palavras para ser solidária às duas mulheres que foram estupradas no circuito e as suas famílias”, ressaltou, durante coletiva de imprensa para apresentação de balanço das ações do governo estadual no Carnaval 2024.

Jerônimo ressaltou que a segurança pública está cuidando para localizar os homens responsáveis pelos crimes e assim que encontrados serão entregues à justiça.

Além disso, o líder estadual detalhou que as vítimas estão recebendo o apoio necessário. “Todo o suporte que o estado poderia dar. O afeto, a atenção psicológica , a área da saúde, tudo foi feito.”

O governador também manifestou repúdio pelos crimes e suspeitos.

“Aqueles que vêm para uma festa como essa cometer crime, a gente tem que oferecer a justiça, o presídio ou uma delegacia.”

Um caso de estupro no carnaval de Salvador, foi registrado na manhã deste domingo, 11, na Rua Baependi, em Ondina, no final do circuito Dodô, enquanto o outro foi relatado na manhã de sexta-feira, 9, também no bairro de Ondina.

A vítima afirmou que foi abordada por quatro homens enquanto estava urinando nas proximidades do antigo Salvador Praia Hotel, por volta das 2h da madrugada daquele dia

Publicações relacionadas