TCU é acionado para investigar obras na casa de ex-presidente da Caixa

Pedido de investigação foi feito por dois deputados federais da oposição, diz colunista

Publicado quinta-feira, 07 de julho de 2022 às 22:06 h | Atualizado em 07/07/2022, 22:06 | Autor: Da Redação
Além dos assédios, Guimarães ainda é suspeito de quebrar a Lei das Estatais ao ocupar cargos remunerados e receber salário superior a 230 mil reais
Além dos assédios, Guimarães ainda é suspeito de quebrar a Lei das Estatais ao ocupar cargos remunerados e receber salário superior a 230 mil reais -

Dois deputados da bancada do PT na Câmara enviaram ao Tribunal de Contas da União (TCU) um pedido para que sejam investigadas as obras realizadas na mão do ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães, que foram pagas pelo banco que ele presidia, informa a colunista Bela Megale, de O Globo.

A petição dos parlamentares se baseia na reportagem do jornal Folha de S. Paulo que revelou que a instituição financeira pagou a reforma da iluminação dos jardins do imóvel que Guimarães aluga em uma região nobre de Brasília.

De acordo com os congressistas, ainda que a Caixa e a defesa do seu ex-presidente dizer que as obras foram autorizadas porque Guimarães estava sendo ameaçado, “é necessário que a questão seja mais aprofundada e melhor esclarecida”.

“Trata-se de conduta reprovável, que pode ter causado prejuízo ao erário, de modo que deve ser analisada com profundidade por esse Tribunal de Contas da União e pelo Ministério Público Federal”, destacam os deputados. 

Publicações relacionadas