"Conseguimos enviar para o STF um homem terrivelmente evangélico” diz Bolsonaro

Publicado quinta-feira, 02 de dezembro de 2021 às 13:48 h | Atualizado em 02/12/2021, 13:56 | Autor: Da Redação

Em seu primeiro pronunciamento após a aprovação de André Mendonça na sabatina para entrada no Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro (PL) declarou que teve sucesso ao "enviar para o STF um homem terrivelmente evangélico". A frase, dita nesta quinta-feira, 02, faz referência à promessa de Bolsonaro feita no período de indicação de Mendonça à suprema corte.

"Para mim, para todos os cristãos, hoje é um dia bastante feliz", completou o presidente em discurso transmitido pela TV Brasil.

Em maio deste ano, já como indicado do presidente ao STF, Mendonça declarou que espera que em uma década evangélicos sejam a maioria no país. Ambas declarações de Bolsonaro e Mendonça foram alvo da sabatina no Senado, realizada ontem, 01º. 

Durante o processo no Senado, André Mendonça afirmou que irá "preservar minha manifestação individual e silenciosa. Compreendendo a separação que deve haver entre a manifestação religiosa e a função pública”, prometeu em meio aos questionamentos sobre seu respeito ao princípio constitucional do Estado laico,

Em suas redes, Bolsonaro afirma que presença "evangélica" de Mendonça era um "compromisso" de seu mandato. Aprovado por 47 a 32 votos, Mendonça já foi ex-ministro da Justiça e também antigo advogado-geral da União do governo bolsonarista.


Publicações relacionadas