Jerônimo Rodrigues ouve demandas do empresariado baiano

Pré-candidato petista se dispôs a intermediar diálogo junto ao Governador Rui Costa

Publicado terça-feira, 12 de julho de 2022 às 19:37 h | Atualizado em 12/07/2022, 19:49 | Autor: Da Redação
Jerônimo Rodrigues e Geraldo Júnior. receberam propostas de empresários da Fecomércio e atacadistas
Jerônimo Rodrigues e Geraldo Júnior. receberam propostas de empresários da Fecomércio e atacadistas -

A redução de impostos e a manutenção de incentivos fiscais foram tema do  "Encontro Empresarial de Valor - o Mercado da Bahia para os baianos”, que contou com a presença do pré-candidato do PT ao Governo do Estado, Jerônimo Rodrigues, e o pré-candidato a vice, Geraldo Júnior (MDB).

Jerônimo ouviu demandas do setor para implantação a partir de 2023, mas se comprometeu a fazer a mediação, desde já, entre os empresários e o Governo do Estado, dialogando diretamente com o governador Rui Costa. "Não dá para a gente aguardar", disse Jerônimo.

O pré-candidato pediu a formalização das principais demandas referentes à tributação do Estado para apresentar aos secretários da Fazenda e do Desenvolvimento Econômico e se manifestou contra as altas taxas tributárias.

"Temos que achar saídas para que o Estado consiga manter a arrecadação, mas também possa contribuir para o crescimento das empresas baianas do setor atacadista dentro do próprio estado. Não estamos falando em reserva de mercado, mas de proteção do mercado baiano", acrescentou Jerônimo

O evento aconteceu na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA), que também apresentou a Jerônimo demandas por meio de seu presidente, Kelsor Fernandes.

Roberto Antônio Spanholi, presidente da Associação dos Agentes de Distribuição da Bahia (ASDAB), e Antônio Alves Cabral Filho, presidente do Sindicato do Comércio Atacadista de Gêneros Alimentícios do Estado da Bahia (SindiAtacado) representaram suas entidades nos discursos direcionados aos pré-candidatos.

O tributarista José Damasceno, que também teve fala na plenária, destacou a importância do Estado manter e fortalecer incentivos fiscais que garantam retorno ao setor do comércio. Jerônimo parabenizou as três representações empresariais pela iniciativa do encontro.

"O mercado baiano forte e em expansão significa mais emprego e renda para o povo, e também mais arrecadação para o Governo do Estado ampliar os investimentos públicos", concluiu.

Publicações relacionadas