Rui critica gestão da saúde municipal de ACM Neto

Governador atacou principal adversário do seu candidato, Jerônimo Rodrigues, nas eleições de outubro

Publicado sábado, 04 de junho de 2022 às 15:38 h | Atualizado em 04/06/2022, 15:41 | Autor: Da Redação
Governador esteve ao lado de Jerônimo durante plenária territorial do Programa de Governo Participativo (PGP) em Itabuna
Governador esteve ao lado de Jerônimo durante plenária territorial do Programa de Governo Participativo (PGP) em Itabuna -

O governador Rui Costa (PT), voltou a criticar a gestão municipal do ex-prefeito e pré-candidato ao governo do estado, ACM Neto (União Brasil), durante seus 10 anos à frente de Salvador. O petista questionou a capacidade de gestão e as promessas do ex-prefeito, principalmente na área da saúde, quando postas em comparação com os feitos de seus mandatos.

"Quem em 10 anos não conseguiu ofertar preventivo para as mulheres de Salvador vai cuidar da saúde da Bahia?", questionou Rui, durante a plenária territorial do Programa de Governo Participativo (PGP) do pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, Jerônimo Rodrigues, neste sábado, 4, em Itabuna.

Ao lado dos também pré-candidatos ao Senado, Otto Alencar (PSD), e a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB), Rui lembrou que garantiu ao ex-prefeito a aquisição de terrenos pelo Governo do Estado para que o Município implantasse creches em Salvador por meio de um programa do Governo Federal, o Brasil Carinhoso, mas afirmou que o ex-gestor não foi capaz de construir uma creche sequer na capital. 

"Setenta por cento dos estudantes de Salvador só têm escola fundamental porque estudam na escola estadual", criticou Rui.

Mais de 8 mil pessoas participaram do evento, considerado o maior já realizado nesta pré-campanha do time apoiado por Lula na Bahia. 

"Uma verdadeira multidão nos recebeu hoje no território do Litoral Sul, em Itabuna, para mais uma edição do nosso Programa de Governo Participativo. Essa é uma amostra de que o povo da Bahia sabe que o trabalho do nosso grupo tem que continuar", afirmou Jerônimo Rodrigues, que ouviu demandas do território para os próximos quatro anos, dentre elas, um aeroporto "do porte e do tamanho da região", afirmou o petista.

"Não estamos brincando de fazer política. Temos um time que tem lado, o lado de Lula. Política é um casamento e nós precisamos saber com quem nós andamos, é preciso ter clareza", concluiu.

Publicações relacionadas