Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > POLÍTICA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
14/09/2023 às 13:09 - há XX semanas | Autor: Da Redação

Vídeo: Moraes e Mendonça batem boca em votação do 8 de janeiro

"Não coloque palavras em minha boca", disse Mendonça ao se exaltar com Moraes

Colegas magistrados iniciaram um debate sobre o que configura uma tentativa de golpe
Colegas magistrados iniciaram um debate sobre o que configura uma tentativa de golpe -

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça e Alexandre de Moraes, tiveram uma discussão na manhã desta quinta-feira, 14, durante o julgamento dos atos antidemocráticos ocorridos em 8 de janeiro.

A situação teve início quando Moraes interrompeu o voto de Mendonça para rebater alguns de seus argumentos contrários a condenar os invasores pelo crime de tentativa de golpe (veja a discussão abaixo).

"Com todo o respeito, Vossa Excelência querer falar que a culpa do 8 de janeiro é do ministro da Justiça... Vossa Excelência vem ao plenário do STF, que foi destruído, para dizer que houve uma conspiração do governo contra o próprio governo?", disse Moraes.

Após ser interrompido, Mendonça se exaltou e rebateu as arguições: "Não coloque palavras em minha boca". O ministro indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) já tinha sinalizado discordar do relator e de Cristiano Zanin quanto aos crimes de golpe de Estado e abolição violenta do Estado Democrático de Direito.

"Eles não agiram para tentar depor o governo. A deposição do governo dependeria de atos que não estavam ao alcance dessas pessoas [...] Há dúvidas razoáveis de saber como esse grupo entrou com tamanha facilidade, eu não digo no Supremo, não digo no Congresso, mas dentro do Palácio do Planalto. Onde estava todo o efetivo da Força Nacional? Hoje o Brasil não sabe", pontuou Mendonça.

Depois do posicionamento dos dois ministros, os colegas magistrados iniciaram um debate sobre o que configura uma tentativa de golpe. "A cadeira que o senhor está sentado estava lá na rua", afirmou Gilmar.

Por fim, ambos se desculparam sobre o ocorrido e a votação seguiu. "Se Vossa Excelência se sentiu ofendido, peço desculpas", afirmou Moraes, que precedeu Mendonça. "Eu agradeço. E se fiz algo indevido, também peço desculpas", encerrou.

Vídeo:

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Publicações Relacionadas

A tarde play
Colegas magistrados iniciaram um debate sobre o que configura uma tentativa de golpe
Play

Assista: Carla Zambelli se confunde e 'defende' aborto

Colegas magistrados iniciaram um debate sobre o que configura uma tentativa de golpe
Play

Moro crava que ninguém queria volta de Lula e é rebatido; assista

Colegas magistrados iniciaram um debate sobre o que configura uma tentativa de golpe
Play

Assista à íntegra da entrevista exclusiva de Bruno Reis

Colegas magistrados iniciaram um debate sobre o que configura uma tentativa de golpe
Play

Vereador do Rio é flagrado no sanitário durante sessão; veja

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA