PM é preso por fazer parte de quadrilha que roubou R$ 820 mil

Além dele, outras cinco pessoas faziam parte do grupo; dois irmãos tinham mandado em aberto

Publicado sexta-feira, 13 de maio de 2022 às 17:52 h | Atualizado em 13/05/2022, 17:52 | Autor: Da Redação
Bando foi responsável por crimes cometidos em março e dezembro de 2021
Bando foi responsável por crimes cometidos em março e dezembro de 2021 -

Um policial militar que liderava uma quadrilha responsável por roubar R$ 820 mil em joias e celulares foi preso pela Polícia Civil na região oeste da Bahia, nesta sexta-feira, 13, durante a operação "Ostentação".

Além dele, outras cinco pessoas que faziam parte do grupo também foram detidas nas cidades de Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória. Além do PM, lotado na Polícia Rodoviária Estadual, mais dois irmãos do agente possuíam mandados de prisão.

O filho do militar, a esposa e outra mulher foram presos em flagrante com armas e munições. Com o sexteto foram apreendidos uma pistola, uma espingarda, carregador, munições de diversos calibres, joias, uma  motocicleta modelo CB600, R$ 5,7 mil em espécie, 300 formulários de CRLV em branco, entre outros itens.

Ação

Com 25 anos de carreira, o policial militar se aproximava dos estabelecimentos comerciais e iniciava uma relação de amizade com funcionários e proprietários. O objetivo era levantar os horários de funcionamento e de chegada dos materiais.

De posse da informação, o grupo entrava em contato com a vítima, se passando como um cliente normal e agendava para realizar a compra. Na hora do ato, o policial ficava do lado de fora, enquanto os irmãos dele consumavam o assalto.

Em março de 2021, o grupo roubou ouro, diamante e outras pedras preciosas, avaliadas em 60 mil reais, na cidade de Santa Maria da Vitória. No mesmo ano, mas em dezembro, a quadrilha roubou R$ 760 mil, em celulares, no município de São Félix do Coribe, também no oeste da Bahia.

Publicações relacionadas