Camaçari investe em urbanização e requalificação | A TARDE
Atarde > portal municípios > Home

Camaçari investe em urbanização e requalificação

Município anuncia aporte de mais de R$ 100 milhões em obras

Publicado quinta-feira, 30 de novembro de 2023 às 06:00 h | Autor: Claudia Lessa
Em Abrantes, turista encontra  riqueza histórica e cultural em uma das igrejas mais antigas do país
Em Abrantes, turista encontra riqueza histórica e cultural em uma das igrejas mais antigas do país -

Posicionada entre os dez destinos brasileiros mais procurados em 2023 na plataforma on-line Airbnb, Camaçari vive um crescimento turístico calcado nos investimentos da gestão municipal de mais de R$ 100 milhões em obras de infraestrutura, de acordo com a Secretaria de Turismo (Setur) do município. Para fomentar a atividade turística, a administração pública vem realizando um trabalho de requalificação e urbanização dos principais acessos às localidades; restaurações de mercados municipais; reformas de campos e praças públicas; e construções de passeios.

A expectativa da Setur de Camaçari é um aumento de cerca de 25% de turistas em relação ao verão 2022-2023, o que vale dizer que são esperados cerca de 800 mil visitantes, nesta alta temporada. “Camaçari tem um grande potencial turístico, que atrai muitas pessoas, principalmente na costa. Com isso, esperamos um verão pujante, quando teremos uma população flutuante que chega a representar o dobro da nossa população da região”, afirma a secretária municipal de Turismo, Cristiane Bacelar.

O investimento da prefeitura na Costa de Camaçari está sendo feito por meio de obras para potencializar o turismo local, a exemplo de intervenções estruturantes de requalificação e urbanização de Guarajuba, Itacimirim e Barra do Jacuípe, além dos novos mercados de Barra do Pojuca e Monte Gordo. “Essas novas obras, somadas a todas as outras executadas nos últimos dois anos, atrairão os holofotes para a nossa cidade e permitirão que entremos para a vitrine das principais operadoras da Bahia e do Brasil”, avalia a gestora.

O apoio ao crescimento hoteleiro local é outra forma de incrementar o turismo da costa, que possui cinco mil leitos distribuídos em 62 pousadas e hostels, além de dois hotéis, um em Busca Vida e outro em Guarajuba. “Temos o Invista Camaçari, um projeto de lei que possui um pacote de benefícios para empresas que desejam investir no município, principalmente no setor turístico”, destaca.

Na Orla de Camaçari, o visitante pode vivenciar diferentes experiências. Em Abrantes, por exemplo, o turista pode se deparar com uma grande riqueza história e cultural. A localidade tem, por exemplo, uma das igrejas mais antigas do país; uma comunidade quilombola de Cordoaria na zona rural; e uma fazenda de criação com produção de queijo de cabra tipo exportação. Ao lado está Jauá, que teve a Praça do Papagaio requalificada e dispõe de uma praia com piscina natural. Já Arembepe oferece uma vila de pescadores pitoresca e detentora da única Aldeia Hippie ainda habitada do mundo e a instalação do Projeto Tamar”.

Outra opção de passeio é Barra do Jacuípe, onde há o encontro do rio com o mar. Outra praia conhecida é Guarajuba, que oferece uma boa gastronomia e possui o certificado de Bandeira Azul. Já Itacimirim, um dos pontos de prática de esportes náuticos e sua praia possui igualmente o título de Bandeira Azul. Camaçari oferece, ainda, o turismo de aventura em localidades rurais de Monte Gordo e Barra do Pojuca. “São tantos atrativos que fica difícil dizer quais as mais badaladas, só posso dizer que temos atração, diversão e praias para todos os gostos, do rústico ao luxo”, enaltece a gestora.

Dentro das discussões do plano de ação para o verão 2023-2024 na Costa de Camaçari, secretários municipais se reuniram, no início deste mês, para estabelecer um diálogo com comerciantes e representantes locais das áreas costeiras, visando assegurar organização, hospitalidade e segurança na temporada de veraneio na região. Foram discutidas, ainda, questões ligadas à organização e higienização das praias; transporte coletivo; medidas de combate à poluição sonora; aprimoramento e conservação das vias urbanas; definição de horário de carga e descarga; e estratégias voltadas para o crescimento da economia local.

Na ocasião, ficou estabelecido que serão conduzidas operações conjuntas com a 6ª Companhia do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) da Polícia Militar da Bahia (PMBA) e a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). “Os desafios que enfrentamos são significativos, mas tenho confiança de que, até o verão, nossa região costeira estará consideravelmente mais organizada. Estamos comprometidos em tornar nossas praias e comunidades destinos de excelência para todos os turistas e nativos e trabalhando incansavelmente para alcançar esse objetivo”, disse, na ocasião, o diretor-superintendente da STT, Helder Almeida.

Publicações relacionadas