Vereador do PT relata ter sido sequestrado e ameaçado por empresários

PT Bahia repudiou em nota a violência contra o vereador Edson Dias Souza, conhecido como Som de Nova Alegria

Publicado quarta-feira, 20 de julho de 2022 às 09:33 h | Atualizado em 20/07/2022, 09:32 | Autor: Da Redação
O vereador Som de Nova Alegria (PT) disse que tudo começou durante uma reunião com o prefeito, o secretário, o chefe de gabinete do prefeito e empresários de empresa de transporte escolar, quando um dos empresários se indispôs com ele
O vereador Som de Nova Alegria (PT) disse que tudo começou durante uma reunião com o prefeito, o secretário, o chefe de gabinete do prefeito e empresários de empresa de transporte escolar, quando um dos empresários se indispôs com ele -

Um vereador de Itamaraju, Edson Dias Souza, mais conhecida como Som de Nova Alegria, relatou, em vídeo, ter sido sequestrado, agredido, mantido em cárcere privado e ameaçado de morte por dois empresários do setor de transporte da cidade, que estavam portando armas de fogo. 

O parlamentar do PT no município do extremo-sul do estado disse que tudo começou durante uma reunião com o prefeito, o secretário, o chefe de gabinete do prefeito e empresários de empresa de transporte escolar, quando um dos empresários se indispôs com ele. “Ele [um dos empresários] começou a se alterar e me deu um soco. Eu levantei, o colega dele puxou a arma, quando o secretário apaziguou a discussão”, relatou.

 

 

Segundo a nota do PT Bahia, a confusão aconteceu porque Som de Nova Alegria não quis votar em um projeto. “Não podemos nos calar diante da onda de violência política que vem ameaçando a democracia brasileira”, escreveu a executiva estadual do PT. A Prefeitura de Itamaraju e a Câmara Municipal de Itamaraju foram procuradas pela reportagem e até o momento não deram retorno.

Publicações relacionadas