Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > a tarde + > CINEINSITE
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
25/09/2023 às 0:30 - há XX semanas | Autor: Tiago Freire*

HERMANOS NA TELA

Ciclo de Cinema Histórias que Não te Contaram começa nesta quarta

Quatro ótimas produções do audiovisual ibero-americano serão exibidos gratuitamente

Miriam Mente: adolescente conhece namorado pela internet, mas resiste em contar que ele é negro
Miriam Mente: adolescente conhece namorado pela internet, mas resiste em contar que ele é negro -

O Instituto Cervantes Salvador, entidade cultural do Governo da Espanha, realiza o Ciclo de Cinema Histórias que Não te Contaram a partir desta quarta-feira, 27, com exibição de quatro filmes em sessões gratuitas até sábado, 30, na Sala Walter da Silveira, nos Barris.

Colaboração com o Festival de Huelva de Cinema Ibero-Americano, as quatro histórias escolhidas para compor este ciclo levam os espectadores a enxergar o quanto é difícil viver e realizar os sonhos e ideais que forjamos para nós mesmos, mesmo que estes sirvam apenas para enfrentar o dia a dia. Todos os filmes são legendados em português.

O drama adolescente Miriam Mente, coprodução espanhola e dominicana, abre o ciclo. Na trama, o mundo de uma família de classe média começa a desmoronar quando Miriam, 14 anos, conhece seu namorado pela internet. Enquanto os parentes e amigas preparam com entusiasmo a tradicional festa de quinze anos, ela não sabe como explicar que ele é negro.

Na quinta-feira, 28, será exibido o longa argentino Quadro Permanente, que conta a história de Lila e Marcela, que trabalham a vida toda como equipe de limpeza em uma dependência estatal. Com a chegada de uma nova diretora – e seus discursos cínicos, repletos de lugares-comuns – vem promessas vazias, o fechamento da lanchonete e uma onda de demissões que destroem o precário equilíbrio da vida no Estado e transformam as tarefas cotidianas em uma luta pela sobrevivência.

A sexta, 29, é seguida com o documentário colombiano Pizarro, uma uma história sobre o peso da herança familiar. Começa quando María José, em seu exílio em Barcelona, percebe que não importa o quão longe ela corra; ela não pode escapar do fantasma de seu pai, Carlos Pizarro, comandante de uma guerrilha, assassinado em 26 de abril de 1990, depois de ter assinado um tratado de paz bem-sucedido com o governo. Vinte anos após seu assassinato, ela volta ao seu país para entender as causas que levaram ao seu assassinato e descobrir um capítulo esquecido da história do país, silenciado pela violência e pelo medo.

O ciclo conclui então com drama mexicano O Outro Tom. Nele, seguimos a história de Elena, uma mãe solteira dependente dos serviços sociais. Seu filho Tom tem dificuldades de comportamento e é estigmatizado na escola como uma criança com problemas. Tom é diagnosticado com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e inicia o tratamento correspondente. No entanto, um estranho acidente deixará sua mãe em alerta sobre a medicação psiquiátrica. Sua recusa em continuar dando remédios levará os serviços sociais a ameaçarem retirar a guarda do filho.

O que não nos é contado

Tão importante quanto compartilhar esses longas de diferentes lugares hispanohablantes, Daniel Gallego Arcas, diretor do Instituto Cervantes Salvador, ressalta a importância do compartilhar essas histórias que tangenciam diversos pontos que apesar de serem esquecidos, dialogam com o público geral.

“A gente quer difundir o que está sendo feito em outros países, além dos que estão no eixo da Colômbia e da Argentina”, afirma Daniel. “Esta seleção nós acharmos que seria mais adequada ao público soteropolitano. Estes filmes, mesmo que muito premiados, não são conhecidos. Trazem a dificuldade do que é a realização dos sonhos. São histórias de dificuldade, mas que podem ser de pessoas reais, são janelas abertas para temas universais. São adequados para o público soteropolitano, mesmo que mostrando um pouco esse cinema que foge um pouco do circuito comercial”, ressalta.

A tensão e a dor que as protagonistas de Miriam Mente e de O Outro Tom enfrentam revelam como as mulheres são as primeiras vítimas dos desajustes sociais e das novas formas de relacionamento, no primeiro caso, mas também da violência e da dificuldade em lidar com transtornos psíquicos e emocionais, no segundo.

O ambiente de trabalho e seus conflitos na gestão de recursos humanos é um dos temas do Quadro Permanente, filme que mostra como os conflitos trabalhistas têm migrado para espaços mais invisíveis, porém não menos injustos.

Em Pizarro, é elaborada uma abordagem sobre a memória histórica colombiana a partir do protagonismo compartilhado da protagonista e de seu pai, um comandante assassinado após a assinatura dos acordos de paz.

Trazer a visibilidade para histórias tão diversas e a possibilidade da divulgação da cultura hispânica é um ponto de orgulho para o diretor do instituto, ressaltando a importância da difusão de mais vertentes da cultura latina.

“O melhor é trazer ao público brasileiro um tipo de cinema que dificilmente teriam acesso. Apesar de serem americanos também, foram pouco distribuídos, são praticamente inéditos. Temos um objetivo: mostrar a outra cara da cultura latinoamericana”, finaliza o diretor.

Ciclo de Cinema ‘Histórias que não te contaram’ / A partir de quarta-feira (27) até sábado (30), 18h30 / Sala de Cinema Walter da Silveira (Rua General Labatut, 27, Barris) / Entrada gratuita

*Sob supervisão do editor Chico Castro Jr.

Assuntos relacionados

Ciclo de Cinema Histórias que Não te Contaram

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Ciclo de Cinema Histórias que Não te Contaram

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Ciclo de Cinema Histórias que Não te Contaram

Publicações Relacionadas

A tarde play
Miriam Mente: adolescente conhece namorado pela internet, mas resiste em contar que ele é negro
Play

Websérie explora cultura ancestral de aldeia Xukuru-Kariri

Miriam Mente: adolescente conhece namorado pela internet, mas resiste em contar que ele é negro
Play

Filme do Mamonas Assassinas está disponível; saiba onde assistir

Miriam Mente: adolescente conhece namorado pela internet, mas resiste em contar que ele é negro
Play

Última temporada de "Dom" chega ao Prime: "Intensa e visceral"

Miriam Mente: adolescente conhece namorado pela internet, mas resiste em contar que ele é negro
Play

Aviões do Forró rouba a cena no Festival de Cannes; assista

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA