Morre em São Paulo, aos 68 anos, o cineasta Toni Venturi | A TARDE
Atarde > A TARDE + > CINEINSITE

Morre em São Paulo, aos 68 anos, o cineasta Toni Venturi

Diretor passou mal enquanto nadava em praia de São Sebastião

Publicado domingo, 19 de maio de 2024 às 09:49 h | Atualizado em 20/05/2024, 12:47 | Autor: Da Redação
Venturi produziu filmes como ‘Cabra-Cega’, ‘A Comédia Divina’ e ‘Dentro da Minha Pele’
Venturi produziu filmes como ‘Cabra-Cega’, ‘A Comédia Divina’ e ‘Dentro da Minha Pele’ -

Morreu na tarde deste sábado, 18, aos 68 anos, o cineasta Toni Venturi após passar mal enquanto nadava em uma praia no litoral de São Paulo. A informação foi confirmada pela esposa de Toni, a atriz Débora Duboc. Segundo a atriz, a família estava passando o final de semana em São Sebastião, no litoral paulista, quando aconteceu o incidente.

“Informo aos colegas e amigos que o cineasta Toni Venturi faleceu na tarde de hoje, 18, aos 68 anos, na localidade de Barra do Una, no município de São Sebastião. Toni, sentiu-se mal enquanto nadava na praia local”, diz o trecho do comunicado.

Formado em cinema no Canadá, Antônio Venturi Neto foi presidente da Associação dos Cineastas Paulistas (Apaci) em 2001. Ele dirigiu e produziu longas-metragens como "A Comédia Divina" (2017), "Cabra-Cega" (2005) e “Latitude Zero” (2002), além de vários documentários, incluindo "Rita Cadillac – A Lady do Povo" (2010) e "Dentro da Minha Pele", lançado em 2020 no Globoplay.

De acordo com a família, ele vai ser velado na Cinemateca Brasileira, em horário a ser definido. Ele deixa a esposa e dois filhos, Theo e Otto.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS