Salvador ganha primeiro plano voltado para o audiovisual | A TARDE
Atarde > A TARDE + > CINEINSITE

Salvador ganha primeiro plano voltado para o audiovisual

Programa lançado nesta quinta-feira, 18, terá investimento de R$32 milhões

Publicado quinta-feira, 18 de maio de 2023 às 11:10 h | Atualizado em 18/05/2023, 12:32 | Autor: Felipe Viterbo e Eduardo Dias
Projeto prevê, ainda, a construção de um estúdio de grande porte para atrair filmagens
Projeto prevê, ainda, a construção de um estúdio de grande porte para atrair filmagens -

A prefeitura de Salvador lançou, nesta quinta-feira, 18, o SalCine, primeiro plano de desenvolvimento do setor audiovisual para o município. O evento aconteceu na Saladearte Cinema da UFBA, com as presenças do prefeito Bruno Reis (União Brasil), do secretário de Cultura e Turismo (Secult), Pedro Tourinho, da secretária de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, Mila Paes, e do presidente da Fundação Gregório de Matos (FGM), Fernando Guerreiro.

Idealizado pela pasta da Cultura, que criou um núcleo de audiovisual inédito na gestão municipal, o programa busca aproximar a capital baiana das melhores práticas do setor no país, atraindo iniciativas e produções para a cidade. O plano prevê a utilização de R$46 milhões para a cultura, sendo R$23 milhões oriundos da Lei Paulo Gustavo, e mais R$23 milhões de recursos municipais.

Desse total, 70% - ou seja, R$32 milhões – será direcionado para o setor audiovisual. O fomento vai acontecer desde a formação de mão de obra qualificada, locação de equipamentos, captação e oferta de histórias originais, até incentivos fiscais capazes de atrair produções estrangeiras para beber na fonte de histórias da Bahia, bem como garantir meios para que rodem aqui os filmes. 

Através da Salvador Film Commission, a prefeitura se inspira em outras cidades, como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e João Pessoa (PB), que possuem estruturas voltadas para atrair e viabilizar produções audiovisuais.

Com um plano de ações públicas, o projeto prevê, ainda, cursos de capacitação, editais de financiamento e a construção de um estúdio de grande porte para atrair filmagens, tornando Salvador uma cidade 'amigável à filmagens' - ou film friendly - termo utilizado pelo mercado onde a atividade é regulamentada.

"Já está em construção a Escola de Artes e a Casa de Espetáculo. Todos esses equipamentos vão aquecer ainda mais esse ecossistema do audivisual, somado ao desejo da prefeitura tem de poder construir um grande estúdio para facilitar a atração de produções de filmes, séries, novelas, games. É uma forma estratégica de desenvolvimento econômico para que essas iniciativas possam ser produzidas aqui", disse o prefeito Bruno Reis.   

Os editais do SalCine serão geridos pela Fundação Gregório de Mattos (FGM), enquanto toda a parte de capacitação de mão de obra será capitaneada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec).

Segundo Mila Paes, o plano estratégico busca entender a área criativa do setor como um pilar de desenvolvimento econômico da cidade de Salvador. "Com o programa, a gente participar de uma maneira muito efetiva, com um olhar mais diferenciado da secretaria, que trabalhará outras carreira criativas, não só dentro do audiovisual", disse Mila Paes.

"Hoje é um dia muito especial, pois vejo se concretizar um projeto que conheço há mais de cinco anos. É uma batalha que a gente vinha travando há muito tempo. Salvador precisa ter uma atenção especial para o audiovisual e isso se potencializa com esse projeto que vai transformar Salvador num grande polo de desenvolvimento de audiovisual no Brasil", completou Fernando Guerreiro. 

Publicações relacionadas