Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > A TARDE ESG
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
07/11/2023 às 18:50 • Atualizada em 08/11/2023 às 14:32 - há XX semanas | Autor: Da Redação

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

Salvador recebe Fórum de Economia Circular

Serão mais de 130 horas de conteúdo com pautas sustentáveis

Exemplo de economia circular na Bahia, artista visual Samuel Cruz desenvolve produtos a partir de folhas de papel
Exemplo de economia circular na Bahia, artista visual Samuel Cruz desenvolve produtos a partir de folhas de papel -

O I Fórum Nordeste de Economia Circular (FNEC), com mais de 150 especialistas, acontece em Salvador nos dias 23, 24 e 25 de novembro com o compromisso de medição de carbono e gestão de resíduos sólido. A participação vai ser gratuita e ocupará espaços de importância histórica e cultural da cidade, como o Museu de Arte da Bahia (MAB), Museu de Arte Contemporânea da Bahia (MAC), Museu Carlos Costa Pinto, Museu Geológico e Sala de Arte Cinema do Museu.

O FNEC é o primeiro fórum de Economia Circular do Brasil e traz no seu formato a motivação de encorajar os participantes a se tornarem ativistas pela transformação do sistema mundial de produção, contribuindo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

A organizadora do Fórum Nordeste de Economia Circular, Lídice Berman, em entrevista ao programa Isso é Bahia, da Rádio A TARDE FM (103.9) nesta terça-feira,7, contou a respeito das expectativas do evento e pontuou que promete ser um marco para a região Nordeste.

"O nosso objetivo é mostrar quais são os tipos de negócios circulares, o que são, quais os princípios, as categorias. Esse evento promete ser um marco para o nordeste, porque vamos mapear as iniciativas que já estão transformando os territórios e trazer a abordagem prática dessas iniciativas que já estão transformando as realidades", salientou.

Trazendo todos os pilares do tema mais atual, preocupação de grandes empresas e stakeholders ultimamente, o ESG virá em diversos formatos de conteúdo, trazendo seus grandes representantes nacionais para discutir as diferentes abordagens da famosa sigla que pauta sustentabilidade, responsabilidade social e governança.

O FNEC será marcado por nomes que hoje estão à frente de assuntos globais que pensam o futuro do planeta, grandes representatividades nordestinas, creators e influencers, que levam pautas importantes para o digital e muita diversidade. Entre os palestrantes que apresentarão todo conhecimento, estão: Kamila Camilo, preta e criadora da academycreator, Lala Deheinzelin, pioneira em economia criativa no Brasil, Amanda Costa, embaixadora da ONU, liderança jovem, ativista, preta, Marcelo Zig, afrodeficiente, Leonice Brasil, Rainha da Sucata, catadora influenciadora de Camaçari, Ubiraci Pataxó, terapeuta comunitário dos povos originários e André Carvalhal, escritor e especialista em designer para sustentabilidade já estão confirmados para participarem do evento.

SERVIÇO:

I Fórum Nordeste de Economia Circular

Quando: 23, 24 e 25 de novembro

Onde: Museu de Arte da Bahia (MAB, Museu de Arte Contemporânea (MAC), Museu Geológico da Bahia, Sala de Arte Cinema do Museu

Programação gratuita

Site: nordesteeconomiacircular.com.br

Assuntos relacionados

AGENDA 2030 Economia Circular esg ODS Onu

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

AGENDA 2030 Economia Circular esg ODS Onu

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

AGENDA 2030 Economia Circular esg ODS Onu

Publicações Relacionadas

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA