A TARDE Play lança hoje o 4ª Episódio de série sobre o Dois de Julho | A TARDE
Atarde > A TARDE Play

A TARDE Play lança hoje o 4ª Episódio de série sobre o Dois de Julho

Série faz parte das comemorações do bicentenário, e já conta com três episódios disponíveis

Publicado sexta-feira, 30 de junho de 2023 às 16:20 h | Atualizado em 30/06/2023, 18:05 | Autor: Da Redação
Imagem ilustrativa da imagem A TARDE Play lança hoje o 4ª Episódio de série sobre o Dois de Julho
-

Está no ar o 4ª episódio da série “2 de julho: 200 anos de luta e festa na Bahia”, no canal A TARDE Play, no Youtube. Desta vez, fomos em busca dos elementos culturais e artísticos da festa, para compreender esse sentimento que tem pulsado em cada coração baiano durante os 200 anos de conquista da independência: o amor pela nossa terra e pela nossa cultura. Os três primeiros capítulos do especial já estão disponíveis também no canal do youtube do A TARDE Play.

“O Dois de Julho é isso, é a luta em prol da beleza, da dignidade e do belo, da vida, de todos em comum, sem distinção, sem deixar ninguém de fora”, descreve o ator Jackson Costa, que interpreta, na série, o poema “Ode ao Dois de Julho”, do poeta Castro Alves. 

Como parte das comemorações do Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia, o especial busca compreender esse capítulo da nossa história sob duas perspectivas: a luta e a festa. A narrativa traz pontos de vista de diferentes personalidades, a exemplo de autoridades públicas, populares, produtores culturais, jornalistas, escritores, fotógrafos, artistas, historiadores e pesquisadores do tema. 

Dentre os elementos que envolvem as manifestações mais tradicionais do festejo, o historiador e pesquisador Miguel Teles comenta a polêmica envolvendo a proibição dos Encourados de Pedrão nos cortejos que envolvem o Dois de Julho. Ao defender a presença dos Encourados, grupo que fez história nas batalhas durante a guerra, Teles afirma que “o vaqueiro não maltrata os animais", e ressalta que “antes dele cuidar de si próprio, o vaqueiro cuida primeiro do seu animal". 

O designer Daniel Soto traz um destaque para a dimensão visual e estética da independência, sobretudo, nos elementos que ajudam a manter a memória para além da data. “Nós temos várias datas para celebrar o ‘Dois de Julho’, como a batalha de Pirajá, por exemplo, ocorrida no dia 8 de Novembro. São datas que a gente precisa reforçar, inclusive, aqui na Bahia. O Dois de Julho não foi um evento pontual, foi um evento longo, repleto de eventos e personagens, então, precisamos valorizar tudo isso”. 

Para maratonar 

O primeiro episódio discutiu os eventos turbulentos do início do século XIX, como a expulsão das tropas napoleônicas e a revolta liberal do Porto, que influenciaram o movimento em direção à emancipação política do Brasil.

Já o segundo episódio, destacou o comportamento que a imprensa teve durante e após os conflitos, além de abordar a importância de cultivarmos as memórias da resistência dos baianos contra a opressão do general Madeira de Melo, e da nossa luta em defesa de um Brasil soberano. 

No terceiro capítulo, a narrativa recupera o protagonismo das vilas e ilhas do recôncavo durante a guerra de independência, sobretudo o papel desempenhado pela cidade de Cachoeira na organização do exército baiano. 

Time de especialistas 

A série reúne diversos especialistas para tratarem sobre o Dois de Julho, a exemplo dos historiadores Rafael Dantas, Jair Cardoso, Patrícia Valim, Miguel Teles, Milton Moura e Mariana Farias. 

Reforçado pela presença do diretor de cultura da Associação Bahiana de Imprensa (ABI), Nelson Cadena, e da jornalista Cleidiana Ramos, o especial também contou com a participação de autoridades como o Governador Jerônimo Rodrigues e a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, além dos secretários Bruno Monteiro e Maurício Bacelar, as deputadas Olívia Santana e Alice Portugal, e o vereador Silvio Humberto. 

No âmbito das artes, estão presentes o poeta James Martins, o cantor Lazzo Matumbi, o ator Jackson Costa e o artista visual Daniel Soto, já na seara religiosa, participam o Padre Edson e a Naadoji vodunó, mãe Índia, para falar sobre a presença da religiosidade durante a guerra de independência e nos dias atuais. 

Se inscreva em nosso canal no Youtube, A TARDE Play, e ative as notificações para não perder nenhum episódio da nossa série. O especial “2 de julho: 200 anos de luta e festa na Bahia” estreou dia 27 de junho, e vai até o dia 2 de julho, com um novo vídeo a cada dia. 

Assista ao episódio:

 

A TARDE Play
 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS