Comemorando 473 anos, Salvador ganha painéis de arte pela cidade

Obras são da artista plástica Miu Monteiro e de jovens da periferia da capital

Publicado terça-feira, 29 de março de 2022 às 05:03 h | Atualizado em 28/03/2022, 23:00 | Autor: GABRIELA CRUZ*
O painel da Sabin na fachada da unidade dos Mares, de autoria de Miu Monteiro
O painel da Sabin na fachada da unidade dos Mares, de autoria de Miu Monteiro -

Salvador completa 473 anos nesta terça-feira, 29, e, para celebrar o aniversário, empresas estão expondo painéis que homenageiam a cidade e a sua cultura. O Sabin Medicina Diagnóstica, através da artista plástica Miu Monteiro, criou um painel de aproximadamente oito metros quadrados com elementos da cultura e cartões postais da capital baiana. O Salvador Shopping aproveitou o seu aniversário de 15 anos para também homenagear a cidade com 23 painéis expostos em sua fachada.

O Grupo Sabin chegou na Bahia há quase 10 anos e propõe ações positivas para a cidade em retribuição à confiança. “A Bahia foi uma das primeiras expansões do Sabin quando saímos de Brasília e buscamos ter uma afinidade com toda a população local. A homenagem a Salvador é para mostrar a nossa felicidade e a nossa preocupação ao tratar das pessoas daqui. Buscamos contratar pessoas locais, estar inseridos na população e incentivar a economia local”, afirma a médica Agnaluce Silva, gestora regional do Sabin Nordeste.

O painel do Sabin está na fachada da unidade dos Mares, na Rua Professor Constantino Vieira, e a artista Miu Monteiro o criou exclusivamente para o aniversário da cidade. “Nós escolhemos essa unidade porque está na rota do cortejo do Bonfim e temos vários monumentos que representam Salvador aqui na Cidade Baixa. Dentro do painel, temos fitas do Senhor do Bonfim, Forte São Marcelo, Farol da Ponta do Humaitá, Elevador Lacerda e Igrejas para que pudéssemos expor todos os cartões postais da cidade”, explica Agnaluce. O painel também é uma estratégia para não promover eventos que estimulem aglomerações.

Compromisso social

Os 23 painéis de até sete metros do Salvador Shopping foram criados por jovens das comunidades no entorno do centro comercial, que passaram por cursos do Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (JCPM): Ma theus Carvalho, 19 anos; Juliana Sales, 21 anos; Ed Silva, 21 anos; Ismael Batista, 25 anos e Elielson Carvalho, 26 anos. O trabalho foi realizado com o apoio e parceria do artista digital Pablo Adler, que combinou o talento de cada um dos jovens para apresentar um novo olhar sobre os pontos turísticos da capital, unindo fotografia e grafite.

“Foi sensacional participar desse projeto. Um amigo me indicou o instituto em 2018 quando eu estava no colégio, eu logo me inscrevi, aprendi bastante e então abriram portas para novos cursos”, conta Juliana Sales, uma das artistas convidadas. Ela conta que quando foi convidada para o projeto, estava cuidando da mãe adoecida, mas não pode perder a oportunidade, pois trabalha com arte e artesanato.

Durante o processo criativo, os pontos turísticos presentes na intervenção artística foram visitados pelos 5 jovens. “O  Instituto JCPM oferece curso de grafite, canto, oficina de pintura, teatro e vamos identificando talentos. São muitos jovens talentosos, que desenham muito bem e a empregabilidade faz uma triagem de perfil e preferência deles”, detalha Laíse Lessa, coordenadora de projetos sociais do Instituto. O Salvador Shopping atende jovens de Pernambués, Saramandaia e Boca do Rio.

*Sob a supervisão do jornalista Leonardo Coutinho

Publicações relacionadas