adblock ativo

Após 5 horas, corpo de professor que se afogou em cachoeira é encontrado

Publicado domingo, 27 de outubro de 2019 às 13:03 h | Atualizado em 27/10/2019, 13:22 | Autor: Da Redação | Foto: Reprodução | Facebook
Ossifleres Silva Damasceno, 36, ainda chegou a gritar por socorro antes de desaparecer em Cachoeira
Ossifleres Silva Damasceno, 36, ainda chegou a gritar por socorro antes de desaparecer em Cachoeira -
adblock ativo

O professor de geografia Ossifleres Silva Damasceno, de 36 anos, morreu na manhã do sábado, 26, após se afogar em uma cachoeira, conhecida como 'Cachoeira do Redondo', em Barreiras (distante 861 km de Salvador). O corpo dele só foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros mais de cinco horas após o desaparecimento.

Segundo informações do Blog Braga, Ossifleres estava no local com a família. Companheira de convívio do professor, Tatiane Nogueira dos Santos afirmou que ele ainda chegou a gritar por socorro antes de desaparecer no leito do rio que forma a Cachoeira do Redondo.

“Ossi” como era conhecido, era natural da cidade de Nova Redenção, na Bahia, e atualmente dava aulas em Barreiras, na Escola Espaço Criativo e na rede estadual de ensino. Ele também era aluno do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob).

Em nota, a Ufob prestou solidariedade aos familiares, amigos, estudantes e colegas de Ossifleres. Também foi decretado luto oficial de três dias na Instituição pela reitoria. 

O corpo do professor foi encaminhado ao necrotério do Departamento de Polícia Técnica onde passará por exame de necrópsia. Não há informações sobre local e dia do sepultamento.

adblock ativo

Publicações relacionadas