Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > BAHIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
25/05/2023 às 5:30 • Atualizada em 25/05/2023 às 6:29 - há XX semanas | Autor: Livia Oliveira*

PESQUISA

Bahia tem aumento em internações por acidentes de trânsito

Estudo mostra que só neste ano, foram 92,3 casos por 100 mil habitantes

Acidente que ocorreu no córrego quando carro caiu na Ligação Iguatemi Paralela
Acidente que ocorreu no córrego quando carro caiu na Ligação Iguatemi Paralela -

Um estudo realizado pelo Super App Gringo, em parceria com Centro de Liderança Pública (CLP), apontou que houve aumento no registro de internações em decorrência dos acidentes no trânsito na Bahia em 2023, comparado com antes da pandemia. Só neste ano, foram 92,3 casos por 100 mil habitantes.

“Em 2019, a Bahia tinha 68,74 de internações num grupo de 100 mil habitantes decorrentes de acidentes de trânsito”, pontua Pedro Trippi, coordenador da Inteligência Técnica do CLP.

A Bahia tem uma performance média em questão de morbidade (acidentes que geram internações por ferimentos e agravamento de doenças). O estado está numa posição melhor que Sergipe, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí. Mas está pior que Maranhão, Pernambuco e Alagoas. Em termos de mortalidade, o estado performa melhor que Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Maranhão, Paraíba e Piauí. Mas está com índices piores que Ceará e Rio Grande do Norte.

Em 2019, a Bahia era o 5° estado com menor número de morbidades do Brasil, com cerca de 68,7, mas houve aumento nos seguintes. Em 2020, o registro apontou 73,3. Em 2021, 77,4. No ano passado, o índice aumentou para 95. Este ano ocorreu uma leve diminuição, tendo agora 92,3 casos e ocupando a 10ª posição de menor morbidade. No recorte de mortalidade, a Bahia ocupava a 7ª posição de menor índice em 2019, tendo 15,3 mortes por grupo de 100 mil habitantes. Agora está na 11ª posição, alcançando 15,44 de mortes.

No recorte de municípios, Salvador é a 3° capital do Nordeste com menor registro de internações, alcançando 62,9 para cada 100 mil habitantes e ficando atrás de São Luís (MA) e Recife (PE). “Salvador tem um desempenho até bom. É uma das capitais que vai caminhando há várias edições do ranking que tem taxas de morbidade nos transportes mais baixas comparada a outras capitais. Salvador só tem taxas mais elevadas que Manaus, Rio de Janeiro, Recife, Curitiba, Florianópolis e São Luís. As demais capitais vão ter taxas de morbidade mais elevadas que Salvador”, explica Pedro Trippi. Os dados de morbidades consideram municípios acima de 80 mil habitantes.

A avaliação é baseada em casos com vítimas fatais, ferimentos ou doenças agravadas por acidentes nos estados e municípios e reforça a campanha Maio Amarelo, que chama atenção para os acidentes no trânsito.

Os dados foram buscados pelo DataSUS. No Nordeste, o índice aponta que 42,2% dos 90 grandes municípios da região alcançaram mortalidade no trânsito acima de 20 casos por 100 mil habitantes, que é um número muito elevado. Já o pior estado da região no índice de internações foi o Piauí, que registrou 171,4 casos por 100 mil habitantes.

*Sob a supervisão da editora Meire Oliveira

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Publicações Relacionadas

A tarde play
Acidente que ocorreu no córrego quando carro caiu na Ligação Iguatemi Paralela
Play

Apagão em Formosa: você está em risco? Clique e veja o vídeo!

Acidente que ocorreu no córrego quando carro caiu na Ligação Iguatemi Paralela
Play

Homem que fez ex e filha autista de reféns tem preventiva decretada

Acidente que ocorreu no córrego quando carro caiu na Ligação Iguatemi Paralela
Play

VÍDEO: homem é morto com 10 tiros em avenida de Feira de Santana

Acidente que ocorreu no córrego quando carro caiu na Ligação Iguatemi Paralela
Play

Morte de Hyara Flor completa um ano: relembre o caso e as reviravoltas

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA