Acusado de matar a esposa na frente da filha e enteada é condenado a 19 anos

Publicado terça-feira, 30 de novembro de 2021 às 14:00 h | Atualizado em 30/11/2021, 14:41 | Autor: Da Redação

Acusado de assassinar a ex-esposa em 2017, Remerson Lima de Souza foi condenado a 19 anos e 4 meses de prisão. Segundo a assessoria de comunicação do Ministério Público da Bahia, a decisão foi sustentada pela promotor Ariomar Figueiredo, que o acusou de feminicídio.

As investigações apontam que o crime, ocorrido em 29 de dezembro, há quatro anos, foi motivado pelo fato de Remerson não aceitar o fim do relacionamento com a ex-companheira  Joelma Reis da Silva.

O crime aconteceu na passarela do metrô na altura do bairro da Paz, localizada naAvenida Paralela. A filha de apenas 2 anos e a enteada de nove anos de idade presenciaram o ataque a Joelma, que faleceu após vários golpes de arma branca no corpo.

De acordo com o MP-BA, o julgamento aconteceu na última sexta-feira, dia 26, com sentença proferida pelo juiz Paulo Sérgio Oliveira. 

Publicações relacionadas