Corregedoria da PM realiza reconstituição de caso de soldado morto na Barra

Publicado domingo, 20 de junho de 2021 às 19:13 h | Atualizado em 20/06/2021, 19:17 | Autor: Redação

A Corregedoria Geral da Polícia Militar realizou a reprodução simulada do caso do soldado da PM Wesley Soares Góes, morto em 28 de março deste ano em operação policial após ter tido um surto e atirar contra os colegas no Farol da Barra.

O soldado, que era lotado na 72ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Itacaré, no sul do estado, foi alvejado durante a ação e não resistiu aos ferimentos após ser socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde passou por procedimento cirúrgico.

De acordo com a Corregedoria, a reconstituicão buscou esclarecer dúvidas surgidas durante as investigações em relação a conduta dos policiais militares envolvidos na ação e as respostas para os questionamentos serão fornecidas por um órgão técnico, afastado das investigações, o que, de acordo com a PM, garante a lisura e transparência do processo.

Equipes do BOPE, da CPRC/Atlântico, da 11ª CIPM/Barra e do Esquadrão Águia participaram da simulação.

Publicações relacionadas