Curso de gastronomia sustentável gratuito abre vagas em Salvador | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Curso de gastronomia sustentável gratuito abre vagas em Salvador

Inscrições estão abertas até quarta-feira, 21, e podem ser realizadas através do site oficial.

Publicado terça-feira, 20 de fevereiro de 2024 às 16:32 h | Autor: Da Redação
As aulas também abordarão técnicas com carnes, peixes, ovos, massas, dentre outros conhecimentos para o dia a dia
As aulas também abordarão técnicas com carnes, peixes, ovos, massas, dentre outros conhecimentos para o dia a dia -

Um curso de gastronomia sustentável gratuito, ministrado na Universidade Salvador (Unifacs), abriu vagas para pessoas de baixa renda da cidade de Salvador. As inscrições estão abertas até quarta-feira, 21, e podem ser realizadas através do site oficial.

O Instituto Capim Santo criou o projeto Cozinha do Amanhã para oferecer formação profissional de excelência na área de gastronomia, incluindo conceitos sustentáveis, que considera valores como o uso integral dos alimentos, valor nutricional e ingredientes locais.

As aulas também abordarão técnicas com carnes, peixes, ovos, massas, dentre outros conhecimentos para o dia a dia em uma cozinha profissional. Com uma carga horária de 200 horas, as aulas abrangem técnicas práticas e teóricas.

A iniciativa tem apoio do Instituto Terra Firme, que atua com educação, empreendedorismo, esporte, arte e cultura na Bahia.

Sobre o Instituto Capim Santo

Criada em 2010 pela chef Morena Leite, o Instituto Capim Santo é uma organização não governamental que promove a democratização da gastronomia como ferramenta para gerar empoderamento e mobilidade social para pessoas em situação de vulnerabilidade.

Com unidades nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Trancoso e Itacaré, com dois grandes projetos, Cozinha do Amanhã e Amor que Nutre, a organização já formou mais de 2.700 alunos na área da gastronomia social e sustentável, que considera a identidade brasileira na gastronomia, o valor nutricional dos alimentos, o combate ao desperdício, o diálogo com pequenos produtores, entre outros pilares. Também atua em rede com ONGs parcerias para mitigar a fome, onde já distribuiu mais de 400 mil marmitas.

Publicações relacionadas