adblock ativo

Evento orienta população quanto ao mercado de trabalho

Publicado quarta-feira, 12 de novembro de 2008 às 20:22 h | Atualizado em 12/11/2008, 20:22 | Autor: Mariana Mendes, do A TARDE On Line
adblock ativo

Salvador será pela primeira vez nesta quinta-feira, 13, uma das cidades que sediam o evento social "RH na Praça", promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), que tem o objetivo de prestar esclarecimentos e orientações à população quanto às necessidades do mercado de trabalho. Os organizadores do projeto, que acontece há mais de 10 anos em outras capitais do país, estimam atrair cerca de duas mil pessoas entre profissionais, estudantes, empresários e executivos da capital baiana. O encontro acontece no Jardim dos Namorados, na Pituba, das 8h30 às 16h30 com acesso gratuito à população.

Segundo a diretora presidente da ABRH na Bahia, Maria Sampaio de Almeida, o evento é uma oportunidade para que pessoas de diferentes camadas da população se informem sobre as dificuldades de se conseguir emprego. “Fizemos uma mobilização junto às associações de bairros para divulgar esse evento que podemos chamar de uma ação social. Nosso objetivo é mostrar à população caminhos para enxergar as oportunidades no mercado de trabalho”, comenta.

A intenção dos organizadores é contribuir para acelerar o ritmo de redução da taxa de desemprego na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O índice apresentou leve redução pelo quarto mês consecutivo, passando de 19,9%, em agosto, para os atuais 19,7% da População Economicamente Ativa (PEA), segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Apesar da taxa de desemprego na RMS ser a menor na  desde o início da pesquisa, em dezembro de 1996, ainda é considerada muito alta, e corresponde a uma em cada cinco pessoas da PEA. Para quem ainda não encontrou um emprego, a situação é reflexo de um mercado cada vez mais fechado e atinge trabalhadores inclusive trabalhadores com nível superior, que muitas vezes não encontram vaga dentro de sua área de formação.

É o caso do jovem Mateus Pimentel, de 28 anos. Formado em Administração de Empresas e mesmo com uma boa experiência na área financeira, ele se queixa da falta de oportunidades. “Muitas empresas têm dificuldade para atender à qualificação da minha área, muitas vezes destinando para administradores funções como o atendimento de telemarketing. Não enxergo do mercado uma preocupação na qualificação dos profissionais”, desabafa. Em seu último emprego, Pimentel atuou nas áreas de atendimento e fechamento de contratos, que, em sua opinião, são atividades que deveriam ser destinadas a profissionais de outra área. “Mesmo com a boa experiência que já tenho, não vejo grandes oportunidades”.

Desempregado desde janeiro de 2007, Pimentel afirma que a situação faz com que se sinta desestimulado com a sua profissão. Atualmente, o administrador estuda a possibilidade prestar concurso público, sendo mais um dos que procuram a estabilidade nos cargos públicos. Outra possibilidade que não descarta é a de fazer uma nova graduação, numa área que ele acredita oferecer mais oportunidades, como os cursos de engenharia e de saúde, como medicina ou enfermagem.

| Programação |

RH na Praça

8:30 – Abertura Oficial
9:00 – Orientação para a carreira
9:45 – Como elaborar um currículo atrativo
10:30 – Dicas para ter sucesso nas entrevistas
11:15 – Como ser um empreendedor
12:00 – Danças circulares
12:45 – Atividades culturais
13:30 – Empregabilidade
14:15 – Doenças sexualmente transmissíveis
15:00 – Saúde Preventiva: risco cardiovascular e diabetes
15:45 – Teatro operativo
16:30 – Encerramento

8:30 às 16:30 – Funcionamento dos balcões de atendimento a população com serviços relativos à cadastros de currículo, orientação de direitos do cidadão e orientações para a saúde. 

adblock ativo

Publicações relacionadas