Fiscalização em 47 bairros tem 22 estabelecimentos notificados

Foram apreendidos 53 equipamentos de som

Publicado segunda-feira, 21 de março de 2022 às 16:53 h | Atualizado em 21/03/2022, 16:53 | Autor: Da Redação
Ao todo foram mais de 1,5 mil fiscalizações
Ao todo foram mais de 1,5 mil fiscalizações -

Vinte e dois estabelecimentos em Salvador foram notificados e uma interdição foi realizada durante fiscalização feita por agentes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) neste fim de semana, entre a sexta-feira, 18, e o domingo, 20.

Ao todo foram mais de 1,5 mil fiscalizações. Entre os estabelecimentos notificados estão 14 bares e restaurantes, um comércio de equipamentos telefônicos, dois comércios de rua, um depósito de bebidas, uma farmácia, dois mercados/supermercados e uma revendedora de veículos.

A fiscalização percorreu 47 bairros. As notificações ocorreram em Pernambués, Ondina, Pituba, Engenho Velho da Federação, Garcia, Barris, Dois de Julho, Barroquinha, Caixa D’Água, Engenho Velho de Brotas e Pau Miúdo.

Desde o dia 11 de janeiro, quando entraram em vigor novos decretos sanitários, cerca de 15 mil vistorias foram realizadas, com 432 notificações, nove interdições e sete aglomerações dispersadas.

No período foram apreendidos 53 equipamentos de som durante a Operação Sílere, composta por agentes da Sedur e policiais civis e militares. Ao todo foram realizadas cerca de 300 vistorias.

Os equipamentos apreendidos estavam nos bairros Itapuã, Paripe, Uruguai, Massaranduba, Bairro da Paz, Parque Bela Vista, Pernambués, Pau Miúdo, Cidade Nova, Engenho Velho de Brotas, Pituaçu, Engenho Velho da Federação, Castelo Branco, Piatã e Boa Vista de São Caetano.

No Fala Salvador 156 foram registradas 680 denúncias. Os bairros mais denunciados entre sexta e domingo foram Itapuã, Pernambués, Fazenda Grande do Retiro e São Caetano.

Na região conhecida como Feira do Rolo houve apreensão de bens de origem considerada duvidosa e equipamentos sem a licença para instalação no logradouro público. A ação foi realizada no domingo, 20, por agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), em parceria com a Guarda Civil Municipal (GCM) e o Comando de Operações Policiais Militares (COPPM).

Nas regiões do Largo do Tanque, Nilo Peçanha, Afrânio Peixoto/Baixa do Fiscal e ruas transversais houve dispersão de público. A operação contou com a atuação de 41 prepostos e dez viaturas.

Houve ainda sete apreensões, dentre elas cinco sacos contendo produtos diversos danificados, um saco contendo roupas e sapatos danificados e um quadro de bicicleta danificado.

Capitaneada pela Semop, a Operação Cumprimento de Demandas desativou barracas irregulares no bairro de Pau da Lima, na Rua São Luís. Doze agentes atuaram na ação, que contou com uma frota de cinco veículos.

Agentes de fiscalização da Semop, através da Operação Tolerância Zero, monitoraram atividades do comércio informal no bairro de Itapuã, entretanto não houve apreensão de mercadorias.

Publicações relacionadas