adblock ativo

Funcionamento dos Correios é normal no Estado da Bahia

Publicado quarta-feira, 19 de setembro de 2012 às 11:00 h | Atualizado em 19/09/2012, 12:36 | Autor: Da Redação
Correios
Correios -
adblock ativo

As atividades da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos acontecem normalmente no Estado da Bahia, nesta quarta-feira, 19, e quinta, 20. Os trabalhadores da ECT aguardam a audiência entre os representantes dos sindicatos e do governo que acontece na manhã desta quarta-feira, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília.

De acordo com a assessoria de imprensa dos Correios, a categoria avaliará as propostas que saírem da reunião entre patrões e sindicatos, nesta quinta-feira, 20, em assembleia que acontece a partir das 19h, na Praça da Inglaterra, em Salvador. 

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos no Estado da Bahia (Sincotelba), caso não haja acordo entre ambas as partes, a classe entra em greve por tempo indeterminado a partir do dia 25 de setembro.

Reinvidicações - O comando de negociação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) reivindica 43,7% de reajuste, R$ 200 de aumento linear e piso salarial de R$ 2,5 mil. Além de R$ 200 linear, ticket de R$ 35, a contratação imediata de 30 mil trabalhadores, o fim das terceirizações e pauta com alguns pontos para garantia de melhores condições de trabalho.

No entanto, a empresa sustenta que nos últimos 21 meses já contratou 10 mil novos empregados e está contratando mais 3.302 novos empregados, de um total de 9.904 a serem admitidos até abril de 2013. Investiu R$ 250 milhões na compra de 14 mil veículos e equipamentos e na construção, reforma e ampliação de 700 unidades operacionais, administrativas e de atendimento.

Plano B - Em nota divulgada à imprensa na manhã desta quarta, a assessoria de comunicação dos Correios explica que, caso haja paralisação, a empresa possui plano de contingência para garantir a prestação de serviços à população. Entre as medidas que a empresa poderá adotar estão: realocação de empregados das áreas administrativas, contratação de trabalhadores temporários, realização de horas extras e mutirões para triagem e entrega de cartas e encomendas nos finais de semana.

Greve - Trabalhadores dos Correios de 23 regiões entraram em greve nesta terça-feira, 18, após decisão em assembleia da categoria nos Estados, se somando a Minas Gerais e Pará, que já estão em greve há uma semana. Um impasse nas negociações da campanha salarial 2012 levaram mais de 84% dos trabalhadores dos Correios a iniciarem uma greve nacional por tempo indeterminado.

Dos 35 sindicatos da categoria, todos os que realizaram assembleias nesta terça decretaram greve. Os outros sindicatos estão com assembleias marcadas para os próximos dias 20, 24 e 25 de setembro, podendo antecipar essas datas e deflagrar greve junto aos demais sindicatos do país.

 

adblock ativo

Publicações relacionadas