Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > bahia > SALVADOR
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
10/05/2023 às 13:15 - há XX semanas | Autor: Fernando Valverde e Lula Bonfim

CENTRO HISTÓRICO

Governo e Prefeitura discutem projeto federal de recuperação do Centro

Projeto visa colaboração entre esferas estadual, municipal e federal; Gestores se reuniram nesta quarta, 10

Bruno Reis recebe ministra da Cultura, Margareth Menezes
Bruno Reis recebe ministra da Cultura, Margareth Menezes -

Durante coletiva de imprensa que anunciou a destinação de R$ 286 milhões da recém-criada Lei Paulo Gustavo (Lei Complementar nº 195, de 2022), que será regulamentada pelo presidente Lula em visita à Bahia nesta quinta-feira, 11, os gestores da pasta das esferas municipal, estadual e federal a intenção de implantar um projeto federal de recuperação dos centros históricos em todo o país.

O presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Leandro Grass. o secretário municipal de Cultura e Turismo, Pedro Tourinho, o secretário estadual de Cultura, Bruno Monteiro, e a ministra da Cultura, Margareth Menezes, se reuniram nesta manhã juntamente com outros dirigentes de órgãos ligados ao setor para dialogar sobre projetos pensados para recuperar e requalificar a região.

"Tivemos uma reunião muito promissora com o prefeito [Bruno Reis] e a questão dos Centros Históricos das grandes cidades do Brasil são cruciais para esse novo momento do Ministério da Cultura. O Brasil é um país que tem esse legado imenso, mas pensamos que precisa ser melhor aproveitado. Temos procurado dialogar a todos momentos para procurar soluções compartilhadas. O problema do Centro Histórico envolve patrimônio, infraestrutura, questões sociais muito complexas que não se resumem a essa região, com um empobrecimento da população que levou milhões de pessoas às ruas em todas as metrópoles do país", pontuou o secretário Bruno Monteiro.

O presidente do Iphan, Leonardo Grass, pontuou a importância do pacto federativo entre União, estados e municípios para a revitalização das áreas centrais das grandes metrópoles brasileiras e afirmou já ter contatos avançados com o Governo da Bahia, a Prefeitura de Salvador e outras prefeituras do interior do estado para avançar com o projeto, que será integrado federalmente pelo Ministério da Cultura, Ministério das Cidades, Casa Civil e o próprio Iphan.

"Os Centros Históricos, ao longo do tempo, passaram por um processo de abandono, de gentrificação em alguns casos e isso é resultado dessa falta de integração e de uma certa co-responsabilização, que envolve muito a sociedade e dimensões que a gente esquece: As próprias pessoas e a cultura local", apontou.

"O que estamos desenhando nesse momento é uma ação integrada sobre o Centro Histórico. Não queremos mais nenhuma obra, seja ela pública ou privada, sem que haja posteriormente um plano de gestão e ocupação, o que pode ser do ponto de vista habitacional, que é a nossa grande prioridade e é o sentimento de boa parte das capitais que tem Centros Históricos robustos".

Requalificação

Durante a reunião, o prefeito Bruno Reis (União Brasil) apresentou algumas das iniciativas promovidas pela Prefeitura para revitalizar o Centro Histórico da cidade, tais como a reforma de casarões na região do Pilar, os planos de construir uma roda-gigante no Comércio e da implantação de um aquário no Forte São Marcelo, e apontou que a colaboração com a esfera federal será essencial para o andamento do projeto.

"Tivemos uma reunião muito produtiva nesta manhã com a presença da nossa ministra da Cultura, do presidente Iphan e toda a sua equipe, junto com a equipe da Prefeitura, discutindo projetos importantes para a cidade, em especial para o Distrito Cultural do Centro Histórico, onde existem diversos projetos em curso e de novos empreendimentos para surgir nessa área. Pedimos o apoio da ministra e do presidente do Iphan para agilizar a aprovação e facilitar os entendimentos, com isso possibilitando o desenvolvimento da nossa cidade", afirmou.

A Ministra da Cultura, a baiana Margareth Menezes, reforçou a vontade de atuar junto às prefeituras baianas, e em primeiro momento de salvador, maior cidade do estado, para incentivar o desenvolvimento cultural na região.

“O ministério está presente para apoiar todas as iniciativas que tragam o desenvolvimento da cultura do Brasil, ainda mais sendo na minha cidade, que eu amo tanto, e com esse prefeito que está tocando obras tão maravilhosas”.

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Publicações Relacionadas

A tarde play
Bruno Reis recebe ministra da Cultura, Margareth Menezes
Play

Vídeo registra suposta tentativa de homicídio contra rifeiro

Bruno Reis recebe ministra da Cultura, Margareth Menezes
Play

Blogueiro Ramhon Dias é baleado e socorrido para hospital em Salvador

Bruno Reis recebe ministra da Cultura, Margareth Menezes
Play

VÍDEO: homem é flagrado invadindo imóvel em condomínio de Salvador

Bruno Reis recebe ministra da Cultura, Margareth Menezes
Play

Homem é baleado em bar na Boca do Rio

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA