LGBTs podem fazer cadastro no CadÚnico até quinta-feira

Objetivo de projeto itinerante é identificar pessoas de baixa renda que estejam dentro do segmento

Publicado terça-feira, 29 de março de 2022 às 17:19 h | Atualizado em 29/03/2022, 17:19 | Autor: Da Redação
Projeto está na sua segunda edição
Projeto está na sua segunda edição -

Voltado para o público LGBT+, o CadÚnico Itinerante oferece, até a próxima quinta-feira (31), serviços de inscrição e atualização do Cadastro Unico, em Salvador, no Observatório Permanente da Discriminação Racial e LGBT+, na Rua Carlos Gomes, no centro.

O objetivo é identificar pessoas LGBT de baixa renda, em Salvador, para possível inclusão em programas de assistência social e redistribuição de renda. A inscrição no Cadastro Único permite o acesso a benefícios sociais, como o Auxílio Brasil, Casa Verde e Amarela, Bolsa Verde, Tarifa Social de Energia Elétrica, além de carteira do idoso, ID Jovem e o Vale Gás.

O projeto, realizado pela Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), em parceria com a Secretaria Municipal da Reparação (Semur), atende cerca de 25 pessoas por dia.

Para o atendimento, das 9h às 12h e das 13h às 17h, é necessária a apresentação do RG, CPF e comprovante de residência.

Publicações relacionadas