adblock ativo

Mesa simples e elegante é aposta para ceia de Réveillon

Publicado sábado, 23 de dezembro de 2017 às 10:40 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Gabriela Medrado*
Luciene Belfort, da Belfort Gift, sugere louça branca acentuada pelo colorido das taças e das flores e frutas do arranjo de mesa
Luciene Belfort, da Belfort Gift, sugere louça branca acentuada pelo colorido das taças e das flores e frutas do arranjo de mesa -
adblock ativo

Estamos no final de semana que antecede o Natal, e os preparativos para a festa estão a mil. Mas, para quem deseja fazer uma ceia de Ano Novo no dia 31, essa é também a hora de se planejar para o evento, pensando no cardápio, na organização e na decoração da mesa para a virada do ano.

O Réveillon vem sempre com uma promessa de renovação, reflexão sobre o ano que se passou e preparação para a chegada do novo. A ocasião combina com decorações de mesa com simplicidade e elegância, o que é uma boa notícia para quem está gastando altas quantias com festas e presentes de Natal.

A decoração escandinava, por exemplo, inspirada no minimalismo, conforto e no contato com a natureza, continua em alta e pede ambientes claros, e muitas plantas. “O uso de plantas é tendência, e humaniza muito os ambientes, além de ser uma decoração sustentável”, conta a decoradora e organizadora de eventos Lia Negrão.

Flores brancas, suculentas e até mesmo sementes podem fazer parte da decoração. “As sementes representam o nascimento de coisas boas para o ano que está vindo. Uso galhos de ligustro para representar isso”, explica Lia.

Carla Carvalho, dona da loja de artigos para mesa Kazza.9, recomenda também as bromélias: “Elas duram bastante e trazem um colorido para a decoração”, conta.

A lojista gosta de utilizar elementos da superstição popular na decoração de fim de ano. “É interessante usar coisas que atraiam energias boas e espantem as ruins, como romã e sal grosso”, sugere Carla.

Imagem ilustrativa da imagem Mesa simples e elegante é aposta para ceia de Réveillon

Carla Carvalho, da Kazza.9,  apostou em peças clássicas e simples para atrair energias positivas (Foto: Luciano da Matta l Ag. A TARDE)

Cor e criatividade

Luciene Belfort, dona da loja Belfort Gift, sugere uma abordagem mais colorida e criativa misturando flores, folhas e frutas para criar arranjos de mesa: “Esta época do ano é boa para frutas no Brasil, e podemos usar maçãs verdes e vermelhas, uvas de todos os tipos, pêssegos, e bananas nos arranjos”, diz Luciene.

A estratégia, no entanto, pede que o resto da decoração seja menos colorida, para trazer um contraponto. Usar a tradicional combinação branco e dourado e abusar das transparências pode ser uma opção. “A combinação entre cristal e porcelana branca fica linda, e o uso de objetos transparentes ajuda a quebrar o branco, que costuma estar em vários elementos da mesa”, explica Luciene.

Utilizar tons metálicos e muito brilho também é um clássico da época, mas exige cuidados para não haver exageros. É preciso escolher, por exemplo, entre tons dourados e prateados, utilizando apenas um, a menos que a variação seja o tema de toda a decoração.

Para não errar nas combinações, Carla gosta de eleger um objeto e desenvolver a decoração em torno dele: “Gosto de escolher um porta-guardanapo ou jogo americano, e procurar por coisas que combinem com ele”, explica.

*Sob supervisão da editora Cassandra Barteló

adblock ativo

Publicações relacionadas