adblock ativo

Moradores do Santo Antônio Além do Carmo reclamam de obras

Publicado segunda-feira, 30 de abril de 2018 às 21:38 h | Atualizado em 30/04/2018, 21:44 | Autor: Marcelo Ricardo*
Intervenção no Santo Antônio Além do Carmo, na rua dos Ossos
Intervenção no Santo Antônio Além do Carmo, na rua dos Ossos -
adblock ativo

Moradores do bairro  reclamam do encurtamento da via e alegam falta de planejamento da obra de pavimentação da região que foi iniciada na sexta-feira passada.

A intervenção integra o projeto Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador, pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), e tem investimento de R$ 124 milhões. O bairro consiste no terceiro lote do projeto.

A meta é pavimentar vias e requalificar calçadas em 270 ruas por toda a região antiga da cidade. Já foram entregues 53 vias e estão em execução 25 ruas. São destinados R$ 26,3 milhões para recuperação de 90 vias do Santo Antônio Além do Carmo e ainda incluem as ruas da Saúde, Barris, Tororó e Liberdade.

Conforme nota emitida pela Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas), as obras foram iniciadas na rua do Ossos e, em seguida, será asfaltada a rua dos Carvões. A previsão é que os serviços sejam finalizados em uma semana.

Surpresa

Gislene Nogueira, moradora do bairro, conta que o aviso das obras pegou os moradores de surpresa. “A gente não sabia que seriam feitas as obras. Eles chegaram aqui e disseram que iriam fazer, mas não nos disseram quando. Chegaram pedindo que tirássemos os carros das ruas e não deram muitas informações”, relata.

Assim como Gislene, outros moradores reclamam que o planejamento das obras não levou em consideração o número de idosos na rua. Os passeios mais largos encurtou a pista, dificultando a locomoção de ambulâncias.

Há um ano, a mãe do aposentado Nilson Veloso precisou de socorro e teve de ser levada com por um carro convencional. Para Nilson, a administração deveria consultar aos moradores.

“Hoje começaram as obras aqui na rua e não tem um engenheiro. É um direito nosso que tenha um representante do projeto para saber como está o planejamento, pois temos muitos idosos. Se acontecer alguma coisa à noite, como uma ambulância entra numa rua com entulho?”, questiona o aposentado.

Por meio de nota, a Dircas informou que as obras pretendem melhorar o acesso para diversos pontos do Centro Antigo. A requalificação dos passeios busca melhorar a mobilidade das ruas, praças e travessas, incluindo a acessibilidade.

A Dircas se disponibiliza a atender a comunidade para tirar dúvidas com relação ao projeto por meio do telefone: 3116-6760.

*Sob a supervisão da editora Meire Oliveira

adblock ativo

Publicações relacionadas