adblock ativo

Motociclistas fazem novo protesto na Av. Paralela contra o aumento da gasolina

Publicado às | Atualizado em 27/10/2021, 12:47 | Autor: Da Redação
Ação gerou congestionamento na região | Foto: Reprodução | Redes Sociais
Ação gerou congestionamento na região | Foto: Reprodução | Redes Sociais -
adblock ativo

Inconformados com o novo reajuste no valor dos combustíveis, motociclistas voltam a protestar em Salvador na início da tarde desta quarta-feira, 27. Os manifestantes fecharam uma parte da Avenida Paralela no sentido Rodoviária e deixa o trânsito congestionado próximo ao Complexo do Imbuí.

No primeiro momento do protesto, os motociclistas fecharam toda a via da avenida, mas após a chegada da Polícia Militar, um trecho da pista foi liberado. De acordo com informações da Superintendência de Trânsito de Salvador, o fluxo de veículos na região é intenso.

Os motociclistas protestam contra o novo reajuste, que aumentou 7% a gasolina e de 9,1% no diesel. Boa parte dos postos da capital amanheceram na terça-feira, 26, cobrando já acima dos R$ 7 para a gasolina de tipo comum.

Na noite da última terça-feira, um primeiro protesto de motociclistas na Avenida Paralela, sentido Centro, próximo ao viaduto de Narandiba, deixou o trânsito congestionado. Já na manhã desta quarta-feira, um grupo formado por mototaxistas e motoristas queimou pneus e fechou os dois sentidos da BA-528, conhecida como Estrada do Derba, também contra o aumento dos combustíveis.

A tendência é que um novo protesto, em âbmbito nacional seja realizado pelos motociclistas na manhã desta quinta-feira, na Câmara dos Deputados. Também é esperado que os caminhoneiros se juntem a manifestação.

adblock ativo

Publicações relacionadas