“O mercado imobiliário continua aquecido”, afirma diretor administrativo da Ademi

Publicado quinta-feira, 02 de setembro de 2021 às 11:12 h | Atualizado em 02/09/2021, 11:29 | Autor: Da Redação

As perspectivas do mercado imobiliário continuam positivas com previsão da venda de 4.267 unidades na Bahia, 10% maior do que no ano passado. O diagnóstico é baseado na redução das taxas de juros, nas novas modalidades de financiamento, desde o segundo semestre de 2020, além da oferta de crédito, no primeiro semestre deste ano de 2021.

“O mercado imobiliário continua aquecido, com muitos lançamentos, alta procura e perspectiva de fechar 2021 com crescimento de 10% em relação ao ano passado, alcançando resultados do bom momento vivido em 2011”, afirma o diretor administrativo da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi/BA) e executivo da MVL Incorporadora, Marcos Vieira Lima.

De acordo com o executivo, com os juros mais baixos, o momento é vantajoso para quem quer investir em imóvel, “um dos investimentos mais seguros que existem”.

Só no final de 2020, a MVL Incorporadora e a INOVA Empreendimentos lançaram o Barra Conceito, empreendimento que está em construção no Jardim Brasil. Em 48 horas, foram 100% dos estúdios e quarto e salas comercializados. O empreendimento conta com 51 unidades de estúdios, 34 de quarto e salas e 34 apartamentos de duas suítes. “É um exemplo de sucesso de vendas do mercado e só restam cinco unidades de duas suítes para comercializar”, exemplifica.

O projeto foi elaborado a partir de pesquisas para entender as necessidades dos clientes, que buscam praticidade e conforto, tecnologia e sustentabilidade. Para Lima, a velocidade nas vendas se justifica pela possibilidade de localização, em um dos bairros mais cobiçados para morar em Salvador e pela proposta moderna, adaptada ao estilo

Publicações relacionadas