Programa Marias da Construção ganha prêmio da Unesco em Fórum Mundial | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Programa Marias da Construção ganha prêmio da Unesco em Fórum Mundial

Programa é conduzido pela Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres

Publicado quarta-feira, 22 de março de 2023 às 17:25 h | Autor: *Da Redação*
Imagem ilustrativa da imagem Programa Marias da Construção ganha prêmio da Unesco em Fórum Mundial
-

O programa Marias da Construção, realizado pela Prefeitura de Salvador, foi premiado nesta quarta-feira (22) pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) durante o III Fórum Mundial de Direitos Humanos, realizado em Buenos Aires, na Argentina. O prémio foi entregue  pelo Centro Internacional para o Avanço dos Direitos Humanos (CIPDH) e reconhece políticas públicas inclusivas e sustentáveis em países da América Latina e do Caribe.

Salvador recebeu o prêmio máximo da categoria Grandes Cidades. Também participaram com iniciativas as cidades brasileiras de Brasília e Cabo Frio, as colombianas Medellín e Sabaneta e a argentina General Alvear. 

Conduzido pela Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) em parceria com o Senai, o Marias da Construção promove cursos gratuitos de formação profissional para que mulheres possam ingressar na construção civil, mercado de trabalho de presença majoritariamente masculina. As capacitações abrangem diferentes áreas, como eletricista industrial, aplicadora de revestimento cerâmico e rejunte, pintoras de obras e outras áreas.

A titular da SPMJ, Fernanda Lordêlo, integrou a comitiva da Prefeitura no evento. Fico muito honrada em representar a Prefeitura nesta importante premiação. Muito me alegra participar dessa iniciativa, que busca uma Salvador mais inclusiva, que capacita mulheres e promove sua inserção em um mercado de trabalho que possui predominância masculina. Estamos caminhando rumo a uma cidade que prioriza a igualdade de gênero”, disse Fernanda. 

Chefe do Escritório de Cooperação Internacional, João Victor Queiroz, destacou a capacidade da capital baiana em ser um exemplo de boas práticas para o mundo. “Esse é mais um reconhecimento internacional para a nossa cidade, em uma pauta tão necessária e relevante. No Escritório de Cooperação Internacional temos trabalhado na promoção e projeção global de Salvador, através de editais e premiações, também para que nossos projetos possam inspirar outras cidades e países”, disse.

O programa

Promovido desde 2019 pela Prefeitura de Salvador, o Marias da Construção já formou centenas de mulheres. Além da capacitação profissional, o programa auxilia na busca por uma vaga no mercado de trabalho através do Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra (SIMM). A iniciativa foi batizada em homenagem a Maria do Amparo Xavier, primeira mulher a receber o título de mestre de obras na Bahia.

O programa iniciou na semana passada uma nova turma, desta vez de eletricista instalador residencial de baixa tensão. Cerca de 30 alunas estão participando das aulas, de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, no Senai Dendezeiros. A capacitação, que faz parte da programação do Março Mulher de Salvador, possui carga horária de 128 horas.

Publicações relacionadas