Rodoviários bloqueiam parte da Avenida ACM e reivindicam direitos trabalhistas

Publicado quarta-feira, 16 de junho de 2021 às 14:33 h | Atualizado em 16/06/2021, 14:37 | Autor: Da Redação

Um grupo de rodoviários demitidos da Concessionária Salvador Norte (CSN) bloquearam parte do tráfego na Avenida ACM, em Salvador, no fim da manhã desta quarta-feira, 16, em protesto por falta de pagamento de direitos trabalhistas. 

De acordo com a categoria, eles estão há 90 dias sem receber os valores após a rescisão contratual. Por conta da manifestação, o tráfego ficou bastante congestionado na região das imediações do Shopping da Bahia. Equipes da Transalvador e da Polícia Militar acompanharam o ato, que ocorreu de forma pacífica e se encerrou no início da tarde.

Os rodoviários já haviam realizado na segunda-feira, 14, uma outra mobilização pelo mesmo motivo, saindo da Estação da Lapa com direção a sede da prefeitura. 

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), a prefeitura e o Sindicato dos Rodoviários têm acompanhado o andamento do acordo assinado entre os rodoviários e a CSN, para que os termos sejam cumpridos.

O órgão afirmou ainda que "lamenta a postura dos profissionais, uma vez que o protesto é realizado por uma minoria de ex-funcionários da empresa, sem apoio do sindicato, e que apenas traz transtornos à rotina da cidade".

Já conforme informações do Sindicato dos Rodoviários, a prefeitura solicitou um tempo para efetuar o pagamento do valor que ainda falta porque o processo está em análise pelo Tribunal de Contas do Município, havendo possibilidade de ser efetivado até o final da semana.

O sindicato também comunicou que encaminhou uma liminar para liberação do FGTS e falta o complemento deste valor.

Publicações relacionadas